.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

quinta-feira, 26 de outubro de 2017

O poder de renovação da natureza

Foto António Agostinho. Mais fotos aqui.
Ontem, andei pelo Portugal profundo.
A paisagem, de tão desoladora, faz doer os olhos, o coração e alma.
Porém, os dias que aí vêm hão-de ser outros.

Todavia, os dias negros poderão voltar...
Hoje, as temperaturas vão atingir valores acima dos 30 graus Celsius “em grande parte do território” o que, aliado à intensificação do vento a partir de sexta-feira, agravará “significativamente” o risco de incêndios florestais.
O alerta foi dado ontem pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) num comunicado, onde adianta que, além do aumento das temperaturas e da intensificação do vento, vão registar-se também valores baixos de humidade no ar.
Estamos a viver um fim de Outubro quente e muito seco. 
Os valores de temperatura estão muito acima dos valores normais para a época.
Estas condições meteorológicas, a par de uma situação de seca extrema ou severa e valores extremos de secura dos combustíveis florestais irão agravar significativamente o risco de propagação de incêndios florestais, prevendo-se um número elevado de concelhos nas classes de risco de incêndio elevado a máximo.
Esta situação meteorológica explica-se pela persistência de um anticiclone sobre o centro e sul do continente europeu e não deverá ter alterações significativas, pelo menos, por mais uma semana, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

Entretanto, lá  para Abril, a floresta queimada revelará a vida que agora esconde. 
Que se regenerará, sempre com o risco de poder voltar a ser um barril de pólvora. 
Esta, é a grande vantagem da natureza em relação a nós... 
A natureza renova-se.... 
Nós, não!

Sem comentários: