.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

domingo, 29 de outubro de 2017

Na Figueira, temos que ser bons em alguma coisa...

DESPORTO FIGUEIRENSE TUTELADO POR MAFALDA AZENHA
"Mafalda Azenha vai lidar com uma área que não é a sua, não se lhe conhecem ligações ao desporto, quer como dirigente quer como praticante, mas obviamente que pode ter ideias e neste momento o Desporto Figueirense necessita de ideias, ideias frescas, ideias amplas sobre o desporto  sobretudo na área da formação e na sua pratica anual e não sazonal." - Rogério Neves, via blogue Marcha do Vapor

Nota de rodapé.
Por acaso, alguém recorda o momento em que viu a Figueira,  pela primeira vez, de pernas para o ar?..
Não se preocupem: nem eu! 
Esta distribuição de pelouros pelos autarcas camarários saídos das eleições de 1 de outubro p.p., portanto, não é uma novidade total... 
Hoje, na Figueira já poucas coisas nos podem surpreender...
Porém, aqui, ali e acolá, a política figueirense ainda mantém essa imensa capacidade.
Como sabemos, à medida que os anos passam por nós, perdemos vontade de sorrir. 
E porquê? 
Porque a vida se encarrega de nos retirar essa capacidade.
Essa, neste momento, é a minha luta principal...
O dia a dia, cá na santa terrinha, está tão desinteressante e tão chato e os preconceitos tantos que, praticamente, matou à nascença a capacidade dos figueirenses de superação das contrariedades. 
Não desistam.
Vamos à luta?

5 comentários:

António Rascao Marques disse...

Há muito tempo que o desporto na figueira da Foz, nomeadamente ao nível camarário é uma espécie de parente pobre. Assim com toda a boa vontade que a nova vereadora possa ter, é mais uma que vai ser engolida pela máfia desportiva que gravitacional na nossa cidade.

Anónimo disse...

Essencialmente esta vereadora vai fazer campanhas contra a obesidade. Ela tem muita experiência em casa do peso certo. Vamos todos caminhar diariamente contra o excesso de peso. os elementos do Executivo vão passar a andar pé. Faz bem à saúde e o povo detesta a mordomia da monarquia.

Anónimo disse...

Esta senhora chega a vereadora, não porque tenha mérito para desempenhar o cargo, mas apenas por troca de uns votos que o marido supostamente tem no partido. Coitada da Senhora, não tem culpa de não ter vocaçào nem jeito. Vereadora com o pelouro do desporto é mesmo para rir.A experiência desportiva resulta de saber saltar à corda, jogar ao elástico e jogar à macaca. E chegámos ao fim do poço. Pior é impossível. Eu vou para a Ilha (não é da Morraceira).

Anónimo disse...

Este sorriso traduz tudo. "Eu Vereadora? Deixem-me rir!!!! Eu com o pelouro do desporto? Parem que eu já não aguento!! Ah ah ah ah."
E é isto, é o que dá usar avental fora da cozinha tem destas coisas.

Anónimo disse...

A gorda e o gordo podem ir correr para a praia , dava um filme lindo .
De desporto sabe zero , o marido ganhou o master chefe .