.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Até quando temos de continuar a suportar este horror urbanístico e ao mesmo tempo atentado ambiental à moda da Figueira?

Estou como o António Tavares, vereador executivo durante oito anos, prestes a sair...
Em 11 de março de 2014 escrevia no jornal AS BEIRAS:
"...  não consigo perceber como pode a Açoreana, empresa proprietária do chamado edifício "O Trabalho", fazer perpetuar e permitir a degradação constante do mamarracho que todos conhecemos, para mais situando-se numa zona nobre da cidade e de grande fluxo de turistas e locais..."
Estamos lixados.
Por um lado, este (citando Miguel Almeida) é "um Edifício que é um Trabalho"!
Por outro lado,  a Figueira é mesmo uma cidade que não se leva a sério...

1 comentário:

Anónimo disse...

Este é só outro exemplo de uma tragédia iminente. É preciso morrer gente para depois virem dizer que já tinham avisado....