Sou o senhor de meu destino; Sou o capitão de minha alma.” William Ernest Henley

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Uma das características que me agrada nas crónicas de Daniel Santos, é a sua textura

"Saudades do futuro", hoje publicada no jornal AS BEIRAS, é disso prova.

Sem comentários: