Ernest Hemingway: «Um homem pode ser destruído mas não vencido.»

terça-feira, 15 de novembro de 2016

Resta o silêncio...

Agora por aqui, pelo molhe sul, ouço o silêncio... 
Outro tipo de silêncio, mas  silêncio. 
O silêncio da angústia, de quem perdeu tudo, até a vida. 
O silêncio da azáfama da vida que se foi.   
O silêncio tumular do desaparecimento!

Sem comentários: