.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

domingo, 10 de janeiro de 2016

Ser hoje de esquerda em Portugal é como ir ao McDonald's... Todos vão: é barato, quase todos gostam, ninguém resiste… Mas, faz mal...

Marcelo Rebelo de Sousa, ontem, durante um evento de contacto com os eleitores no Pavilhão Centro de Portugal, em Coimbra, realçando a sua experiência política disse que a sua preocupação em "estar próximo", em ouvir as pessoas é garantir que "todos se sintam representados".
Marcelo Rebelo de Sousa frisou que pretende ser um presidente que "estabeleça o diálogo, a tolerância e a ponte entre os portugueses e não um que divida Portugal em dois hemisférios".

Em tempo.
" Marcelo anda tão à esquerda que ainda vai acabar a fumar na cama..." 
Segundo Marcelo, "líderes partidários na campanha é que não é bom para ninguém"...
É só "love".

Sem comentários: