Sou o senhor de meu destino; Sou o capitão de minha alma.” William Ernest Henley

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Porque votei em Sampaio da Nóvoa



Este vídeo de 8 minutos  e 52 segundos explica muito daquilo que é a esquerda. 
Espero, por isso, que seja visto com a atenção que merece. 
Lá estão algumas das razões porque votei Sampaio da Nóvoa no passado domingo.

Todos sabemos que a maioria da minoria dos portugueses, que ainda vota, não gosta e não quer quem governa.
E, no entanto, a Aldeia tem o presidente da junta que tem. O concelho tem o presidente da câmara que tem. O país tem o primeiro ministro que tem. A república tem o presidente que tem.
A culpa, pode ser repartida, começando pelo facto de a oposição não ter a mínima capacidade de diálogo para criar uma alternativa que efectivamente reúna e potencie o descontentamento.
Fazer política é isso mesmo: gerir.

No passado domingo, os candidatos que se opunham a Marcelo, não conseguiram entender-se e criar uma solução alternativa para ir buscar força aos mais de 2/3 de portugueses descontentes com Cavaco Silva.
No domingo passado foi isto o que aconteceu, mais uma vez: um falhanço em toda a linha das forças identificadas com o 25 de Abril de 1974.
Antes do passado domingo, eu já conseguia antecipar que "a eleição de Marcelo Rebelo de Sousa para Presidente da República constituía, na actual fase da vida política nacional, um factor negativo que não pode deixar de suscitar legítimas inquietações"
Se tivesse havido uma segunda volta, a única hipótese para vencer Marcelo não era o voto em Sampaio da Nóvoa?
Se tivesse havido uma segunda volta entre Marcelo e Maria de Belém os comunistas  e o BE votavam em quem?
Eu, que não sou filiado no PC nem no BE, não votava em ninguém.
As eleições não são um milagre...

1 comentário:

A Arte de Furtar disse...

O nível continua finíssimo.
"Jerónimo retira 'engraçadinha' se alguém no BE 'enfiou a carapuça'"
Pelo menos devia ter respeito por grandes mulheres comunistas que as houve e há!

O que conta para mim, é que PCP e BE se entendam sobre o muito que têm em comum.
Vamos manter o foco ou continuar a disparar para o mesmo lado da barricada?
Sampaio da Novoa teve um desempenho exemplar e um discurso de derrota digno de um grande homem, ao contrário do azedume de Maria de Belém e do PCP.
Perderam todos. Perdemos todos.

Espero que o bom senso não se perca, esperámos muito por uma oportunidade destas!
E como diz o povo, «quem semeia ventos colhe tempestades».

Com humor e inteligência:
https://www.publico.pt/politica/noticia/uma-candidata-engracadinha-1721469