.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Reconhecer o erro

     

Quando duas pessoas chocam acidentalmente, duas atitudes podem ser tomadas. 
Ou se pede desculpa e sorrimos... 
Ou, por outro lado, não sabemos lidar com o problema e metemos os pés pelas mãos... 
São duas atitudes diferentes perante um acontecimento que, objectivamente, não é culpa dos envolvidos. 
Sabemos que há quem se culpe a si e há quem culpe os outros. 
Sabemos, também, que há quem seja naturalmente educado, empático e correcto e quem seja naturalmente mal educado, bruto e hostil com os outros. 
Sabemos, que há quem considere que quem pede desculpa mostra sinais de fraqueza.
Sabemos, também, que quem não pede desculpa, pensa que mostra sinais de liderança e domínio. 
Todos sabemos muita coisa. 
Eu prefiro viver numa Aldeia em que as pessoas acabam por reconhecer o erro, do que viver numa Aldeia em que duas pessoas se zangam e hostilizam por causa de uma coisa que, objectivamente, não é culpa delas...

Sem comentários: