.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

sábado, 13 de abril de 2013

Os filhos da democracia...


Quase 40 anos depois do fim da ditadura de Salazar/Caetano, o Estado social e a escola pública, educou e formou aqueles que estão a proceder à sua destruição.
E, pasmem, foram os que dentro do sistema, os que foram eleitos pelos Portugueses, os que  seguiram as regras da democracia, os  que estão a fazer todo o trabalhimo!
Estes são os verdadeiros filhos do 25 de Abril?.. 
Ou do 25 de Novembro?..
A Democracia tem destas coisas.
 Vejamos, dois exemplos:

Declaração de interesses.
Neste momento, desde meados de outubro p.p., após 41 anos de carreira contributiva para a segurança social, estou desempregado.
Os 6% que me querem retirar, do meu ponto de vista, é um roubo.
Sinto-me roubado e não posso  apresentar queixa na esquadra mais próxima. 
Portanto, ninguém irá preso...
E se não  se prende ninguém por me roubar a mim e a centenas de milhares  de portugueses, porque carga de água é que se há-de prender alguém por assaltar um banco ou uma carrinha de valores?...
Mais: já agora, se me querem roubar, a mim e a centenas de milhares de  desempregados, porque é que esse tal de gaspar não elabora um decerto a mandar fuzilar, por exemplo 500.000 desempregados?...
Será porque, por enquanto,  é contra a lei fundamental do país?...
Pois, se é só por isso, é um muito fraco argumento: roubar 6% também o é!..

1 comentário:

Olímpio disse...

Não são filhos de Abril,são filhos das mães deles, com devido respeito pelas suas mães.O povo tem culpa ao votar nesta desgraça,esperando que abra os olhos em próximas eleições, votando,( e não tem outra saida,) ou no Bloco ou no partido comunista.Temos a riqueza e a liberdade do voto. Se o povo continua a ser estupido, então que sofra as consequências e que
não se lamente depois