.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

quinta-feira, 18 de abril de 2013

O génio da banalidade


O Presidente da República, Cavaco Silva, ignorou o Nobel José Saramago na inauguração da Feira do Livro de Bogotá, onde o nosso país é o convidado de honra.

1 comentário:

Anónimo disse...

Para onde te empurram cultura portuguesa...
Quando um Presidente da Républica não dá relevo a um escritor laureado com o Prémio Nóbel,o que podemos pensar?
Que estará já a sofrer de Alzaimer?... Só pode ser. Mas já assim se encontra há muito tempo, já quando Saramago faleceu, ele continuou a gozar as férias, não comparecendo por isso no funeral dum Homem que até era mais do que ele, apesar de não ter instrução académica. Já era a Alzaimer,a comandar, coitado... coitadásso, como diz o brasileiro.
Pobre Portugal, só os futebolistas são heróis, os politicos são corruptos, e o Presidente está senil, só pode: só se lembra dos feitos antigos, os recentes já não teem lugar naquela massa cinzenta que se chama cérebro,consequencia da tal doença que infelismente até tem o nome importado da Alemanha.
Da Alemanha tudo de mau sobra para nós...
Abraço Agostinho.
Dilita

Não sou anónima,sou,

Rendadebirras.blogspot.com