segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Com todo o respeito que tenho pelo dr. Arnaut...

"Quando apareceram os fumos de corrupção, mesmo dentro dos próprios partidos, pensei: «Devo ficar aqui a lutar contra o meu próprio partido, ou devo desertar da luta?». Ponderei isso, profunda e dolorosamente. Não tenho vocação para lutar contra o meu próprio partido. Gosto de lutar contra os meus adversários, que aliás respeito, gosto desse combate democrático. Mas eu não tinha capacidade de adaptação à intriga e a essas coisas. Um homem, realmente, não pode estar no meio das chamas sem se queimar. As chamas acabam por chamuscá-lo. Então, sacudi o pó dos sapatos e vim-me embora. Mas continuei a desenvolver a minha actividade política do ponto de vista ético e cívico, até criticando o Partido Socialista quando era caso disso."
 -  António Arnaut,  um dos fundadores do Partido Socialista

Desistir nunca levou a nada...
É preciso lutar dia a dia, todos os dias, contra a corrupção, mesmo que ela esteja no Partido Socialista... 
A eventual corrupção dentro do PS, é tão nefasta como a eventual corrupção dentro do PSD, do CDS, do PCP, do BE, ou até a eventual corrupção dentro da minha família... 
Não há excepção: corrupção é corrupção. Ponto final.
A corrupção não é uma invenção portuguesa, mas a impunidade, quando toca aos "nossos", continua a ser uma coisa muito nossa. 
Essa luta, deveria ser um desiderato primordial de todos os portugueses.
Poderia até faltar-nos o ar, mas a maratona é para se chegar ao fim dela... 
Ninguém deveria desistir! 
Quando andamos por aqui por amor à camisola,  o prémio é, simplesmente, o amanhecer de mais um dia. 
Para mim, um prémio belíssimo! 
Como disse Bertolt Brecht, "há homens que lutam um dia e são bons, há outros que lutam um ano e são melhores, há os que lutam muitos anos e são muito bons. Mas há os que lutam toda a vida e estes são imprescindíveis."

Os cidadãos norte-americanos vão escolher um novo Presidente nas eleições desta terça-feira...

foto sacada daqui
A minha esperança, é que Trump tenha sido
 a melhor coisa que aconteceu na vida de Hillary Clinton...

Por "ser de interesse para todo o concelho", o Presidente da Junta de Freguesia de Lavos apela à Câmara Municipal para que concretize o projeto Iluminar o Surf no Cabedelo

Diário de Coimbra, 4 de outubro de 2016

Mais um, para o álbum do Fernando Campos de “rostos da classe dirigente”....

António Domingues.

Câmara da Figueira vota orçamento de 47 milhões - mais cinco milhões do que o deste ano...

O executivo camarário da Figueira da Foz vota, hoje, o orçamento municipal para 2017, cujo montante ronda os 47 milhões de euros – mais cinco milhões do que o do ano em curso – e as Grandes Opções do Plano. 
Este é o ponto principal da agenda da reunião de câmara, com início às 14H00, excepcionalmente aberta ao público, por causa do orçamento – a primeira do mês realiza-se à porta fechada

Via AS BEIRAS

Na Figueira, um dia destes mudou... a hora!

Tempo para hoje na Figueira

Propósitos de vida

Esta foto dos anos 50 do século passado, do Dr. Doutor Gilberto Branco Vasco, mostra uma Mulher, que poderia ser a minha Mãe, pois retrata o que foi a sua vida até ao último dia: uma vida de “trabalhos”. Como temos vindo a verificar cá pela Figueira, e como escreveu o filósofo Friedrich Nietzsche, "afinal, ninguém consegue que as coisas, incluindo os livros, lhe digam mais do que aquilo que já sabe. Para aquilo que, por experiência, não se tem acesso, também não se tem ouvidos".
Todos nós, na vida, temos propósitos.
Os propósitos de vida não se podem dividir em úteis ou inúteis, justos ou injustos.
Os dez mandamentos bíblicos da lei de Deus chegam para isso. 
Por exemplo, não matarás não é um propósito de vida: é uma regra. 
Já escrever um blogue, tal  como amar aquela pessoa, e não outra, é, simplesmente, um propósito de vida. 
Porque, ao decidir escrever um blogue e amar aquela pessoa, e não outra, eu sabia que jamais o meu caminho poderia continuar como se nunca tivesse começado um blogue ou não tivesse amado aquela pessoa, e não outra.
Boa semana.