Ernest Hemingway: «Um homem pode ser destruído mas não vencido.»

quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

Na hora da queda, tal como os poetas, também os políticos são ridículos...

Vivemos numa Aldeia onde alguns políticos, em vez de exercerem com dignidade e competência os cargos para que foram votados, preferem divertir-se a fazer postagens no facebook (melhor dizendo: manobras de diversão para desviar a atenção da sua irrelevância e inutilidade política) para tentarem obter alguns likes.

De vez em quando, como qualquer um de nós, o homem tem vontade de escrever umas bojardas.
É lá com ele.
A dor de ter sido escorraçado pelos órgãos locais do PSD, pelos vistos, traumatizou-o.
Outro problema que é dele.
A meu ver - vale o que vale -, isso, porém, não lhe dá o direito de tentar ofender e caluniar quem tem opiniões diferentes das dele.
Esse, é mais um problema dele.
Pelos vistos, começam a ser problemas a mais para um homem só.

Não vou comentar as baboseiras expostas numa sua recente postagem.
Deixo as baboseiras para quem ainda tem paciência para o ler. 
Limito-me a observar os likes.
Já que vivemos numa terra onde alguns parecem andar à caça de likes, noto, dois dias depois, que depois de um enorme esforço conseguiu 5 likes e um comentário.
O que prova que é um peso pesado da política local. 
Na hora da queda, tal como os poetas, também todos os políticos são ridículos.
É preciso mudar já, porque a Figueira merece. E, mais do que nunca, precisa.

Sem comentários: