.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

sexta-feira, 29 de julho de 2016

"Tal como a cidade, parece que também a CMFF está subaproveitada" *

Parece-me óbvio o motivo pelo qual, mesmo no verão, na Figueira é sempre carnaval.
É tão simples e linear como isto:  na realidade, não avançámos, não atravessámos a linha que nos separa definitivamente da vergonha do que já fizemos

A liberdade de expressão, por exemplo, está por concretizar.
Quem manda na Figueira julga-se dono de uma moral castradora e acusatória, que leva a condenar publicamente, por vezes, com insulto e ameaça, quem exprime pensamento que não lhe caia no goto

O direito a dizer o que se pensa, é tolerado, mas muito mal amado
Incapaz de distinguir o trigo do joio, quem de direito,  só olha de raspão e ouve por alto, quem não é yes-man

A Figueira está a reduzir-se ao carnaval. 
E é à sombra da ignorância e do medo que o verdadeiro perigo fermenta...
E de um modo tão silencioso e ordeiro que nem se dá por ele.

Nota de rodapé.
* O título desta postagem é da autoria de Francisco Neves
Foi sacado a um comentário feito a um texto que foi publicado por Bruno Gomes, no Figueira na Hora.

Sem comentários: