Sou o senhor de meu destino; Sou o capitão de minha alma.” William Ernest Henley

terça-feira, 19 de julho de 2016

Na Figueira, difícil, difícil, é tentar contrariar a epidemia de "não notícias" de propaganda ao regime...

Todas as pessoas têm preço?
Esta é uma pergunta que se ouve fazer.
A resposta, creio que para a maioria das pessoas, seria negativa.
Porém, e se a pergunta fosse: as pessoas vendem-se?
Aqui, a resposta, creio que para a maioria das pessoas, seria: é evidente que sim.
A começar pelo trabalho e a acabar naquilo em que estão a pensar...
Contudo, custa muito interiorizar esta realidade.
Aleija e dói.
A verticalidade, de barriga cheia, custa pouco...
Muito pouco!

Sem comentários: