.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

quarta-feira, 13 de julho de 2016

Lá diz o provérbio muito português: "as cadelas apressadas parem os cães cegos..."

imagem sacada daqui
"Belém, em menos de 45 minutos, "reagiu" à notícia sobre condecorações a campeões nacionais não futebolistas. Que as vai atribuir antes dos Jogos Olímpicos. Muito bem. Mas, já agora, fica um pequeno esclarecimento sobretudo para os jornalistas sentados, à escuta, ao lado das osgas e das lagartixas dos jardins do Palácio de Belém. No domingo, em Paris, o Doutor Marcelo anunciou que ia condecorar a rapaziada com "grau mais elevado" do que o de Oficial que Sampaio, em 2004, concedeu à selecção de futebol então ultrapassada pela Grécia. De facto, o "grau" é mais elevado mas a Ordem é mais baixa, o que vai dar ao mesmo. Mais. Só na mesma Ordem há mais 2 graus acima (Grande-Oficial e Grã-Cruz). E há, pelo menos, sete Ordens mais importantes. O grau que o Doutor Marcelo pretendia impor a todos - o de Comendador da Ordem do Infante - já não podia ser confiado a Ronaldo porque o jogador já tinha um grau acima, o de Grande-Oficial. Tal como o dr. Fernando Gomes, presidente da FPF, ambas (Grande Oficial da Ordem do Infante) impostas pelo Presidente Cavaco Silva. Então decidiu, digamos assim, "nivelar por baixo" e concedeu a todos a Ordem (Mérito) em geral, com o devido respeito, atribuída a presidentes de Câmara ou a presidentes de IPSS'S. A pressa nunca foi boa conselheira.
Adenda: Fernando Pimenta, campeão em canoagem, outro Grande Oficial da Ordem do Infante pelo Presidente Cavaco Silva, em 2015, soube pela TSF que amanhã vai ser "promovido para baixo" a Comendador da Ordem do Mérito. Alguém devia preparar umas papeletas básicas ao PR.

Marcelo anunciou frugalidade nas condecorações para se distinguir dos antecessores. Como o que primeiro se paga nesta vida é a língua, o desporto nacional não lhe dá, famosamente, descanso."

João Gonçalves

2 comentários:

Anónimo disse...

Nalguns casos graus a mais dá multa e prisão.

A Arte de Furtar disse...

Um outro "patinho feio", Gabriel Alves (10 de jul) escreveu durante o jogo:

"Uma perda enorme saída de Cristiano, mas fica para a história como tendo superado Platini, nem que seja só por não ser criminoso."

Lindo,pá!