.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Na Figueira, a estabilidade política está estável...

Enquanto no PSD/Figueira o Manel vai sendo frito em lume brando, continua a andar por aí uma malta, para quem a política é a condução dos assuntos públicos para o proveito dos particulares, a ficar cansada de esperar, mas a aguardar pelo que julga o momento certo para avançar...
Só que, por vezes, os que esperam pelo momento certo, para tentar fazer alguma coisa, acabam por nunca fazer nada.

Na Figueira, as estratégias partidárias deveriam ser políticas, não pessoais.
A política, na Figueira, principalmente nos tais partidos do arco do poder, anda próxima do grau zero. 
Mas, a estabilidade está estável.  
E isso é importante: o futuro, para certas almas, continua assegurado.

Política, em democracia, deveria ser conflito e compromisso. E, já agora, negociação. 
Era isso que a tornaria fascinante e útil. 
Também na Figueira...
Todavia, alguém consegue lobrigar, neste momento, nos partidos do arco do poder figueirense,  estratégias de políticas sérias que metam as pessoas lá dentro?

Mas - e isso é importante... - a estabilidade está estável.  
Ao que parece não existem problemas na política local.
Contudo, o problema é capaz de ser precisamente esse: é que aparentemente não existam problemas.
O nosso problema, se calhar, é os políticos figueirenses pensarem e agirem como os que pensam que ter problemas, é um problema.

1 comentário:

A Arte de Furtar disse...

Respeito pelo candidato.
Ponto.
Outros foram enterrando o partido e apanharam a boia para saltar para terras seguras e mais quentes.
Vai ser uma dificil campanha para o PSD.