"Transportai um punhado de terra todos os dias e fareis uma montanha." - Confúcio

sábado, 22 de fevereiro de 2014

E não é anedota!..

O sem abrigo de 33 anos foi detido pela PSP por suspeita de furto, no passado dia 16, em Lisboa. Presente a tribunal, o juiz constituiu-o arguido com termo de identidade e residência. Uma ironia do sistema. É que esta medida de coação não foi concebida a pensar nas pessoas que não têm residência. O homem detido no Beco da Galheta não tem casa, vive nas ruas, mas fica obrigado pelo tribunal a não mudar de residência nem dela se ausentar por mais de cinco dias sem comunicar a nova morada ou o lugar onde possa ser encontrado. Quando foi detido pela PSP no Beco da Galheta, em Lisboa, o sem abrigo tinha na sua posse 1165 euros em dinheiro, uma carta de condução roubada e cartões de memória micro USB. Questionado pelos agentes, disse ter encontrado os bens na via pública. Os bens foram apreendidos à ordem do Ministério Público.

Sem comentários: