.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Isto começa a ficar "lixado"... (II)

"Autarcas do PSD arrasam Passos Coelho após derrota nos Açores."
"2013. Orçamento oficial vai ser diferente mas esmagamento da classe média está assegurado."
Em tempo.
Isto começa mesmo a ficar mesmo  "lixado"...
Vejamos...
Açores: um maioria absoluta com 53 mil votos
Foi o que conseguiu o PS. Votaram cerca de 99 mil eleitores
Não há dúvidas: os Açores não gostam da agitação incendiária e excitada do tipo Fóssil Arménio, detestam essa retórica destrutiva repleta de esteróides emocionais. Por isso puniram brutalmente o Fóssil BE [menos 1%] e o Fóssil PCP [de 3.14% para 1.9%]. Também não devem gostar da covardia e deslealdade tacticista, demasiado sensível à volubilidade da rua [para construir seja o que for dentro de uma coligação] do CDS-PP, igualmente punido e a doer [menos 2%]. Perde Portas. Perde Louçã. Perde Jerónimo. Do que os Açores gostam mesmo e o que votam é... no mesmo, reforçando o mesmo: os partidos da Troyka Memorandista, com o doentio PS à cabeça e o PSD a nove pontos percentuais. É assim e não poderia ser de outra maneira. 

Sem comentários: