.

#FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA.#FIQUE EM CASA.

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

"FALTA DE SEGURANÇA NA PONTE DOS ARCOS" já chegou aos jornais

Foto Cova d´Oiro
Depois dos blogues (aqui, aqui e aqui) terem alertado para o problema, e depois do assunto ter chegado a reunião de Câmara, por iniciativa do vereador do PS, João Vaz, hoje é a vez do jornal as Beiras:
“A travessia sobre o braço Sul do Mondego é um lugar perigoso para quem anda a pé.”
Recorde-se, que a primeira vez em que o problema foi levantado publicamente, foi no próprio dia da inauguração (27 de Outubro de 2008), aqui no Outra Margem, por um comentador:

“Será que ainda não repararam que os passeios da nova ponte vão dar a lado nenhum?
Quem vem a pé da ponte Edgar Cardoso, como pode aceder aos passeios, sem ter de andar pela berma da faixa até perto do tabuleiro e saltar as protecções metálicas?
Esqueceram-se dos peões, o passeio no tabuleiro é para os pescadores de cana que brevemente voltaremos a ver no local."


3 comentários:

Anónimo disse...

É pôr já tabuletas a indicar a proibiçÃO DE PESCAR DE CIMA DA ponte

Anónimo disse...

Depois de estar completa e inaugurada e' que os 'peritos' se apercebem que falta um ponto essencial na nova ponte.
Realmente... Onde e' que andavam os engenheiros? A dormir?

Boa!

Anónimo disse...

numa ponta sem duvida o essencial é ter sitio para os portugueses pescarem...ai as mentalidades