"Transportai um punhado de terra todos os dias e fareis uma montanha." - Confúcio

sexta-feira, 23 de abril de 2021

A propósito de uma chuvada forte, mas breve: a eficácia e a prontidão no apuramento das conclusões do levantamento sobre as causas das inundações em Buarcos é impressionante: nem um dia demorou!

Lido hoje no Diário as Beiras. Passo a citar: 
«O presidente da câmara, Carlos Monteiro, solicitou ao Serviço Municipal de Proteção um levantamento sobre as causas das inundações em estabelecimentos comerciais e equipamentos em Buarcos, na quarta-feira.»
Portanto: há dois dias.
«A conclusão, adiantou o autarca ao DIÁRIO AS BEIRAS, foi a de que as inundações se deveram a “um episódio ímpar”
Carlos Monteiro defendeu, por outro lado, que, em circunstâncias normais, o sistema de drenagem de águas pluviais da recentemente requalifi cada frente marítima de Buarcos, “a funcionar há mais de um ano, tem respondido sem problemas”
Não obstante, defendeu Carlos Monteiro: “Numa perspetiva de melhoria contínua, vamos ver se é possível fazer alguma melhoria, tendo em conta situações de exceção [como a de quarta-feira]”

Recorde-se: há dois dias a chuvada foi forte, mas foi breve...
Mais breve ainda, foram as conclusões do levantamento solicitado pelo presidente da Câmara ao Serviço Municipal de Proteção Civil: impressionante - nem um dia demorou!

Sem comentários: