Sou o senhor de meu destino; Sou o capitão de minha alma.” William Ernest Henley

quinta-feira, 18 de julho de 2019

Viva quem canta...


José Mário Branco,

“Os homens pequenos
quando são demais
não fazem por menos
tornam-se fatais
Vão por mim, que o vivi”

(“Eram mais de cem”, in “Resistir é vencer” – 2004)

Sem comentários: