.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

quarta-feira, 24 de julho de 2019

Oito meses depois, na despedida de Pedro Silva do Diário as Beiras...

Continuo a gostar da escrita do Pedro Silva.  
Aliás, passados estes oito meses, fiquei a gostar ainda mais.
Agora, às quartas, não vou ter o gosto de o poder ler na coluna de opinião que  iniciou no passado dia 21 de Novembro de 2018 no DIÁRIO AS BEIRAS.
A sua opinião crítica, na minha opinião, além de bem humorada e quase sempre acerada, vai fazer falta ao jornal.
Não é fácil laborar  no caldo escorregadio que os cronistas do exercício opinativo têm de funcionar no contexto que para Pedro Silva acabou. 

Tal como previa, de um momento para o outro, podem ver o chão a fugir-lhe debaixo dos pés. 
Foi o que aconteceu...
O que não deixou de ser um desafio interessante, para mais para quem dispunha apenas de 1400 caracteres, incluindo o título. 
O Diário as Beiras ainda não tem um Ferreira Fernandes, mas, para já, suspendeu a colaboração do Pedro Silva, um cronista que, veio trazer  beleza estilística na forma de fazer opinião na Figueira.
Sem desprimor para todos os que têm tido a coragem de emitir opinião numa cidade pequenina como a Figueira, permitam-me esta saudação ao Pedro Silva.
Muito bem Pedro Silva e obrigado. Fico a aguardar mais. 

3 comentários:

CeterisParibus disse...

Também aprecio a prosa do Pedro, que não conheço pessoalmente. Opções editoriais, completamente livres de qualquer encosto, tenho a certeza.

António Agostinho disse...

Não é só o Pedro Silva e o Teo Cavaco que deixaram de emitir opinião na página da Figueira. A opinião na página da Figueira, por enquanto, vai acabar...

CeterisParibus disse...

Sim. Segundo corre por aí, o saneamento é mais abrangente. Os mencionados, a Maranha Cardoso, o Caralhete e o Vaz. O professor fica?