Ernest Hemingway: «Um homem pode ser destruído mas não vencido.»

domingo, 21 de maio de 2017

Os valores de Abril começam a ter o estatuto de efeméride!..

"Família de Rui Moreira tenta construir empreendimento em terrenos que pertencem ao município..."
Este, foi o dia em que uma parte do eleitorado descobriu que os independentes e impolutos, regeneradores da vida política e da cidadania,  enfermam dos mesmos vícios do establishment político-partidário, velho de tantos anos, quantos os anos da democracia...
Os sonhos são o que são: sonhos!
Já lá vão muitos anos, a 25 de Abril de 1974, tive  um sonho lindo.
Tinha 20 anos: foi o dia "inicial e limpo"  (como diria a Sophia de Mello Breyner)!
Como todos os sonhos, foi isso mesmo: um sonho, bonito, radioso, empolgante, vibrante, esperançoso.
Um bonito e simples sonho que me fez viver com um sorriso durante algum tempo.
Como todos os sonhos, entretanto, foi-se esbatendo...
E, pouco a pouco, de desilusão em desilusão, vou dando conta do retrocesso dos valores de Abril...

Adeus ó 25 da utopia
onde o sonho já morou. 
Adeus sonho de encanto,
aquele tão lindo recanto,
onde tanto sonho havia...
Só a  saudade ficou...

Sem comentários: