.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

quinta-feira, 28 de março de 2013

Proposta a atribuição do Crachá de Ouro da Liga Portuguesa dos Bombeiros a Lídio Lopes

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Figueira da Foz aprovou por unanimidade, na ausência do presidente, em reunião da direcção, uma proposta para atribuição do Crachá de Ouro da Liga Portuguesa dos Bombeiros a Lídio Lopes.
Como sócio dos Voluntários figueirenses há dezenas de anos, não podia ficar indiferente ao importante e competente trabalho de  Lídio Lopes,   presidente desde 1997. 
Desde aí,  já lá vão 15 anos, Lídio Lopes entregou-se com entusiasmo e competência à causa, tendo vindo a encontrar  soluções "para a tranquilidade na gestão de todos os seus recursos e para o necessário investimento atempado nas necessidades operacionais do corpo de bombeiros, seja em fardamento ou em equipamento e em viaturas”.
Recorde-se, por ser verdade, que em 1997, os Voluntários figueirenses atravessavam "um momento particularmente difícil, quer a nível financeiro, quer de autoestima e de património".

Sem comentários: