.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Chamem a polícia, pois eu estou a pagar!..

Quem tem cu, tem medo...


A maioria PSD/CDS-PP aprovou hoje, na generalidade, a proposta de Orçamento do Estado para 2013, mas com um voto contra na bancada centrista, do deputado Rui Barreto, eleito pelo círculo da Madeira.
Toda a oposição - PS, PCP, BE e "Os Verdes" - votou contra a proposta do Governo, conforme estava anunciado.

Michel...

... o chefe que não soube "branquear" a massa!..

Durão...


... um barroso que, certamente,  passará a ficar mais recolhido...

UNITEFI (FIG. DA FOZ)


Os trabalhadores da têxtil Unitefi, sediada na Figueira da Foz, que possuem ordenados em atraso e os contratos suspensos desde setembro, admitiram hoje avançar com um pedido de insolvência da empresa em tribunal.
O eventual pedido de insolvência foi hoje discutido num plenário que juntou cerca de uma centena de trabalhadores, realizado na avenida marginal daquela cidade, em frente à casa de um dos administradores da fábrica.
"Ainda estamos à espera de uma solução mas estamos a preparar tudo [para a insolvência] caso não haja nenhum caminho", disse hoje à agência Lusa Fátima Carvalho, dirigente do Sindicato dos Têxteis do Centro.

Texto:  Expresso


Cuidado com as alterações…

Toda a gente sabe -  na Figueira isso também já aconteceu – que quando  um Plano Director Municipal atrapalha o enriquecimento de alguém, por via de algum negócio de oportunidade, tenta  alterar-se esse PDM, o mais urgente que for foi possível, talhando-o à medida, de forma a que o corpo passe a caber no fato...
Estão a perceber porque querem fazer  o mesmo com a Constituição neste momento em Portugal?..
Bom, aqui na Figueira, até já suspenderam o PDM parcialmente… Lembram-se?
Espero que os representantes dos Ulrich deste País no governo, não tenham a força necessária para suspender esta Constituição …
Mas, nunca fiando…
É que isso poderia ser mesmo perigoso: de alteração em alteração, de suspensão em suspensão, já imaginaram o que seria  “alterar também o Código Penal e permitir que   rapinassem directamente das contas dos clientes os euros necessários para reequilibrarem as contas lá do banco sem que tal gesto patriótico fosse considerado roubo?..”
Acreditem ...
Para alguns, “a democracia é uma chatice"!..

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Eça, faz sempre pensar…

No dia em que, logo mais, vai certamente ser aprovado o orçamento que, pelos vistos, todos detestam (PSD e o PPD detestam-no, mas vão votar a favor, porque tem  de ser!..;  o CDS e às vezes o PP também, idem, idem, aspas, aspas,  mas vão votar a favor porque tem de ser!..),  fica uma citação de Eça Queiroz, mais actual do que nunca…
“Em Portugal a emigração não é a transbordação de uma população que sobra, mas a fuga de uma população que sofre”.

Pergunta colorida?..

foto sacada daqui
“Quem é que encomendou ao presidente da Federação de Coimbra do PS o anúncio da recandidatura de João Ataíde? 
Não existem órgão locais?” 
– pergunta de Mafalda Azenha, advogada, hoje, na coluna de opinião, que habitualmente publica no jornal AS BEIRAS.

O fundo

"Começa a cansar e eu sinto-me cansado. Este país tem o que merece, não tenho dúvidas. E sempre terá. É um país com palas, como aquelas que são usadas pelas mulas de carga. Se dantes fomos governados por incompetentes e criminosos, hoje somos governados por desenvergonhados. Não há a mínima vergonha, não há o mínimo sentido de Estado, não há o mínimo de competência.
Este governo pode ou não ser o pior de sempre em Portugal. Provavelmente será um dos mais sérios candidatos. E não é preciso muito para termos essa sensação. Temos um primeiro-ministro delirante. Não que não estivéssemos habituados a tal. Não tem coragem, no entanto, para dizer que é necessário acabar com o que pagamos com os nossos impostos, preferindo dizer que é preciso refundar o memorando de assalto. Tanta coisa para dizer que é necessário rasgar a Constituição e acabar de vez com a liberdade daqueles que nada mais têm a não ser essa vã ilusão."

Para continuar a ler, clicar aqui.

Refundação ...

...e que tal,   refundir o PSD e o governo...

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Entretanto, na Figueira é sempre Carnaval…

Não tarda nada está aí o carnaval propriamente dito ...
As reuniões para a realização do evento, se não estiverem já em marcha, devem estar pensadas...
Ah, mas o carnaval será o de Buarcos?.. Ou o da Figueira?..
Agora, depois da agregação das freguesias, o assunto, presumo, passou a ser irrelevante!..
Mas… Será que o corso vai desfilar entre a Av. Brasil e a estação do caminho de ferro?..
Enquanto não sabemos e enquanto não desfila o corso, haja divertimento…
E motivos não faltam…
Na Figueira é sempre carnaval…

Evolução politica em Portugal?..

José Castelo Branco já definiu que medidas vai  implementar caso vença as eleições autárquicas em Sintra, no próximo ano. "O meu principal objetivo é recolher dinheiro e arranjar emprego a quem precisa", explica ao JN, prometendo apoiar o comércio tradicional.
Os chineses em Sintra, com ele, têm os dias contados. "Há lojas de chineses por todo o lado. Quero acabar com elas, que estão a dar cabo do comércio tradicional. Vou criar postos de trabalho, mas os comerciantes vão ter de baixar os preços", avisa.
Outra medida passa por cobrar taxas "aos turistas que visitam Sintra. Nos outros países não se paga para entrar nos locais turísticos?"
"Acabar com a criminalidade" é outra das prioridades. "É uma pouca vergonha o que se passa nos comboios da linha. Há que reeducar e reabilitar os jovens", dispara. Também o entretenimento estará garantido: "Vou começar a fazer festas em Sintra, tornar o concelho mais interessante. Quero trazer o verdadeiro jet-set internacional até à vila", atira.
Quanto à sua candidatura, que garante ser a sério, assegura: "Será sempre como independente. Não me revejo em nenhum partido. As pessoas estão fartas de políticos".
José Castel o Branco é José Castelo Branco, ponto final…

O que há a saber..

domingo, 28 de outubro de 2012

Seguro quer saber o quê?..


Confesso, que apesar da idade, continuo a ser ingenuo.
Cheguei a pensar que  o governo de Santana Lopes seria o pior que poderia acontecer aos portugueses…
Como me enganei...
Foi-se o Santana  e veio o Sócrates…
E agora,  isto…
Passos, Portas, Santos Pereira, Crato, Conceição, Gaspar, Macedo, Mota e  Relvas….
Relvas, o tal que  teve equivalências a disciplinas que nem existiam. 
Um visionário, este boy!.. Ou man?..
Do que se sabe,  é brilhante na gestão do aparelho, das secções, das distritais, das concelhias  e nessas áreas nublosas da sociedade portuguesa…
Relvas, o boy! Ou o man?..
No fundo, a excelência defendida por Nuno Crato é a realidade encarnada na pessoa do sr. Ministro Relvas, o licenciado.
O povo votou e penalizou Sócrates e o PS, elegendo esta gente.
Em Democracia é assim que deve ser.
Os castigos, porém, não são eternos… Nas próximas eleições já vamos constatar isso mesmo…
O PSD foi eleito dizendo, entre outras coisas que não cumpriu, duas: não vamos aumentar os impostos e não usaremos, em caso algum, a governação de Sócrates como desculpa.
Sabemos hoje o valor destas duas promessas eleitorais…
O  mesmo que a licenciatura de Relvas: uma merda.
Está como eu… E presumo que você, caríssimo leitor…
Aguardam-se explicações compreensíveis do Primeiro-Ministro...

A Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição, não vendendo produtos fora do prazo, acrescenta que “se o Governo entender flexibilizar a legislação, garantindo a segurança alimentar, o sector está disponível para encontrar soluções que ajudem o consumidor nesta conjuntura tão adversa”...

Na minha Aldeia, aí pelos anos 60 do século passado, lembro-me de ter crescido a ouvir isto: "o que não mata, engorda"!..

X&Q1143


Não (h)à violência doméstica!..

Consta que o PS vai entrar para a lista negra da violência doméstica em Portugal, com mais esta abstenção furiosa na passada sexta-feira!..
Aliás, se analisarmos bem, toda esta ferocidade pode ser de origem genética... 
Apesar de sermos um povo com memória curta, creio que todos nos lembramos ainda bem do outro animal feroz da mesma família - o tal que agora está em Paris...

Entretanto, aguentem que é democrático!..

"Troika fica mais 20 meses em Portugal", disse Relvas!..
Portanto, a dúvida é: quanto tempo mais fica Relvas?..

Horário de inverno

Neste momento, quando são duas de domingo,  vai entrar em vigor a hora de Inverno. 
Assim,  os relógios  devem ser atrasados  uma hora.

Bom domingo

sábado, 27 de outubro de 2012

Lugre «Santa Maria Manuela" pode ser visitado no cais comercial da nossa cidade...

O lugre histórico de quatro mastros «Santa Maria Manuela» está atracado  no porto da Figueira da Foz este fim de semana.
Hoje e manhã, os figueirenses têm a oportunidade de visitar o navio entre 10 às 22h00. 

foto sacada daqui

A importância da rádio em 2013...


Foz do Mondego Rádio (FMR) vai mudar de estúdios, deixando as antigas instalações da Escola Profissional de Figueira da Foz para se instalar na rua de Trás da Alfândega.
O novo espaço deverá ser inaugurado no início de dezembro. As mudanças não se limitam às instalações e às melhorias técnicas de produção e emissão. A informação, com vários blocos noticiosos ao longo do dia, e a cobertura de eventos desportivos também estão de volta à Foz do Mondego.
“Vamos ter uma boa dose de informação e estar no terreno, junto das populações. Esta aproximação aos ouvintes deve ser constante”, avança Jorge Nogueira, director de estação.

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Esperança!..

Será que não vai acontecer nada depois da chuva e do vento forte dos últimos três dias?..
É que, como todos sabemos, o vento limpa e a chuva lava…

Devagar se vai ao longe..

Eng. Daniel Santos, no jornal O Figueirense:
“Na vida política não podemos estar de bem com Deus e com o Diabo”!..
Na minha juventude ouvi uma “estória”, de que, para abreviar, evito contar os pormenores, que terminava com a seguinte constatação: “se Deus é bom, o Diabo também não deve ser mau!”
"Não aceitamos coligações" – disse também o eng. Daniel Santos.
Calma, senhor engenheiro: devagar se vai ao longe...
Daqui a mais ou menos um ano, lá teremos de ler isto, para ver se  vai ou não vai acontecer.
É que o futuro a Deus a pertence!..
Não é assim senhor engenheiro?..

O que resta aos figueirenses?..

imagem sacada daqui
Como vamos tomando conhecimento,  através das movimentações partidárias internas, as eleições autárquicas de Outubro de 2013 já começaram na Figueira.
Infelizmente,  através da maneira de sempre: o habitual “golpaço" interno dos instalados nos partidos políticos do chamado arco do poder figueirense.
O resultado final é fácil de adivinhar: alguém vai atingir os seus objectivos pessoais, com graves prejuízos para os interesses públicos municipais.
Infelizmente,  os cidadãos figueirenses, como tem acontecido ao longo dos anos, têm sucessivamente desistido de exercer o seu direito de cidadania, o que tem facilitado a vida aos instalados na política local.
Infelizmente, porém, a realidade social e económica figueirense mudou e vai mudar ainda mais...
Já  nos fizeram crer que éramos modestos e simples, mas  competentes e trabalhadores (um pouco doidos talvez) -  e realizaram algumas coisas notáveis na Figueira; já nos convenceram que  éramos, cosmopolitas, ricos e vaidosos (estávamos na moda) – e concretizaram  todas as asneiras possíveis e imaginárias na Figueira, que estamos a pagar com língua de palmo; agora, que voltámos a ser pobres e provincianos  (a nossa realidade de sempre),   o que resta aos figueirenses – enlouquecer de vez?..

Há sempre alternativa…

“Como não conseguem baixar o desemprego, lembraram-se de baixar o subsídio de desemprego.
Francamente imaginativo.
E ainda há quem acuse este governo de não procurar alternativas.” (Via Arrastão)

Em tempo.
Leia e ouça, clicando aqui, a crónica de Fernando Alves, na TSF, "Teoria geral do desprezo".

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Acabei de ouvir na RTP2 que Miguel Relvas pode perder a licenciatura!..


“A Universidade Lusófona irá reanalisar todos os processos de creditação profissional, o que poderá implicar a nulidade de graus académicos atribuídos, como é o caso da licenciatura do ministro Miguel Relvas.” (JN)
Isto pode aquecer…
Portanto, vou esperar sentado…

Estranho...


Em comunicado divulgado na quarta-feira à noite, depois da aprovação do pagamento da nova tranche, o FMI considerou que as perspetivas externas e o desemprego em Portugal dificultam o cumprimento dos objetivos do programa de ajustamento, sublinhando que "são precisos esforços adicionais" para consolidar as contas e impulsionar o crescimento.
Como se pode inferir, nem o FMI,  dá crédito às medidas contidas no OE2013 para atingir os objectivos anunciados por Vitor Gaspar, “o tal que explica devagar”.
Ontem, no Parlamento,  Vítor Gaspar,  “o tal que explica devagar”, admitiu que o governo de que faz parte subestimou, durante mais de um ano, os efeitos recessivos da austeridade.
Isto não é nada de novo: muita gente alertou, desde o início desta governação PPD/PSD/CDS, para os perigos das medidas tomadas sobre a evolução da economia portuguesa…
Não vos parece estranho  e grave que um ministro das finanças, como Vitor Gaspar, “o tal que explica devagar”, só agora venha admitir o erro?..
Não vos parece ainda mais estranho e grave que um ministro das finanças, como Vitor Gaspar, “o tal que explica devagar”,  continuar a insistir  que não há outra saída e insiste e reforça a dose, sempre com mais do mesmo?..
Leia-se,  mais austeridade...
Que objectivos estarão por detrás de tudo isto?..

Este vai fazer falta no parlamento...

Foto de Pedro Agostinho Cruz, sacada daqui

Aeroporto de Beja não recebe qualquer passageiro desde julho. Na obra foram gastos 33 milhões de euros, mas o movimento continua a ser muito reduzido...

Perante isto, nem a vale a pena falar do portinho da Gala...

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

É preciso ter mesmo pouca sorte...

O azar de Portugal e dos portugueses é indescritível... 
Até temos  "O governo provocador"!..
"O ministro das Finanças trata o “melhor povo do mundo” abaixo de cão, tanto ao nível das medidas que escolhe como pelos comentários que faz e que não tinha nada que fazer, pois um tecnocrata daquele calibre não devia experimentar falar. Devia exprimir-se através de comunicados escritos por alguém com um pingo de humanidade.

E o ministro da Segurança Social também lança atoardas cuja gravidade do conteúdo merecia, pelo menos, um mínimo de certeza. Se uma medida como a redução do valor mínimo do subsídio de desemprego pode não avançar, como se anuncia como certa para depois dizer que é só uma hipótese?"

Só vídeo!..

Miguel Relvas tem carradas de razão. Depois, chegou a ministro. Folgazão como é, não me espantaria que mostrasse este vídeo aos amigos e dissesse, sufocado de riso: “Ó pá, as coisas que um gajo diz para ganhar eleições!”
Via Aventar

Já agora, deixo a minha proposta...

Acabei de ouvir em directo na SIC notícias, o senhor ministro Mota Soares...
Já agora, fica a minha proposta, para este governo levar à concertação social.
Que tal um “corte de 80% na remuneração global dos membros do governo”, a substituição dos carros de luxo, pagos por todos nós e usados por eles e pelas famílias, por passes sociais dos transportes públicos e bicicletas sem motor auxiliar e a retirada dos motoristas, guarda-costas, cartões de crédito e outras mordomias neste momento especial que o País vive, perfeitamente dispensáveis. 
Não fique assustado nem melindrado senhor ministro: isto não passa de uma proposta!..

Vítor Gaspar, um político de *carreira...


"Vivemos tempos de patologia acelerada no modo de fazer política"...
Mas, aos velhos, às crianças, aos doentes e aos desempregados, porque lhes dais tanta dor?..
*“O político de carreira é aquele que faz de cada solução um problema”? - Woody Allen 

ATENÇÃO

HOJE, PREVÊ-SE QUE SEJA UM DIA PERIGOSO NA FIGUEIRA...
"Entre as 08H00 e as 20H00 está prevista a ocorrência de períodos de chuva ou aguaceiros por vezes fortes e acompanhados de trovoada." 

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Com tantos problemas no País…


… é mesmo o  tempo de se falar numa eleição que só acontecerá daqui a mais de quatro anos!..
Entretanto, e no entanto, o importante é que, putativamente,  lá para 2016, pode acontecer algo ao Professor Marcelo Rebelo de Sousa,  que, e parafraseando o próprio Professor, "não lembraria nem ao careca"!..
Será desta que o político que em Portugal mais  campanha política tem feito, de forma regular, rotulada de opinião,  e ainda por cima bem remunerada – dez mil euros mensais,  ao que dizem -, vai finalmente dar-se à maçada de se  sujeitar a eleições?..
Eu tenho apenas uma curiosidade: voltará a mergulhará no Tejo,  frente a Belém?..

Hipocrisia, medo ou vergonha ideológica?..


Neste País, a seguir ao 25 de Abril de 1974, tirando Diogo Freitas do Amaral, então Presidente do CDS, a quem ouvi dizer, aí pelos idos de 1976,  que era de direita, nunca mais ouvi  nenhum político afirmar que é de direita.
Isso, marca a diferença  entre a esquerda e a direita.
Conheço muita  gente, incluindo Mário Soares, que diz  que tem «orgulho em ser de esquerda»!..
Todavia,  excluindo o caso acima citado, nunca ouvi ninguém a dizer que tem «orgulho em ser de direita».
O que significa que, apesar de tudo, aparentemente, em termos ideológicos, a direita ou é hipócrita, medrosa ou envergonhada… Ou, mesmo, tudo isso!
Comparemos agora a actual doutrina neoliberal, que tem sido levada a cabo pelo governo de Passos Coelho, com o pensamento arcaico  do «fascista» Oliveira Salazar, em 13 de Abril de 1929.
Escrevia então o ditador. A reforma tributária (então publicada) guia-se, entre outros, pelo princípio da quase uniformidade das taxas dos vários impostos, «com as excepções que favorecem, em todos os países civilizados, os rendimentos provenientes só do trabalho do contribuinte». (A reorganização financeira, Coimbra Editora, 1930, p. 102).
"Como pode então um democrata neoliberal dos dias de  hoje situar-se mais à direita do que um ditador «fascista» de há 80 anos?!...
Fica a pergunta de Diogo Freitas do Amaral, na Visão nº. 1022, de 4 a 10 de Outubro de 2012, p. 46...
E pergunto eu: será que a ciência política tem explicação para isto?..

Velhos?..

Não sou reformado  ou pensionista.
Neste momento, porém, os sinais que me chegam da sociedade portuguesa, dizem-me que sou velho para voltar a procurar emprego, mas ainda jovem para poder meter os papéis da reforma, apesar de ter já  uma carreira contributiva para a Segurança Social de 41 (quarenta e um anos).
Somos muitos, muitos mesmo, nesta fase da vida -   e também  estamos a ficar indignados.
Alguns de nós não temos nada, portanto também não temos nada a perder.
Resta-nos  continuar a lutar para não perdermos  o que nos resta.
Não estamos  dispostos a abdicar dos direitos pelos quais e para os quais descontámos toda uma vida.
A situação política abriu a porta a todas as possibilidades e a austeridade acabou com o que restava de silêncio envergonhado.
Eles somos nós.
Nós somos eles.
Resta-nos  lutar juntos -  uns pelos outros, naturalmente.

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

DAS NEVES, o economista da treta...





..."em democracia Portugal nunca conseguirá controlar a despesa pública."

Pedro Coimbra tem razão….


Pedro Coimbra, o líder socialista distrital, ao dizer que João Ataíde á a “personalidade melhor colocada e mais prestigiada para continuar a governar o concelho da Figueira da Foz”, no fundo, a meu ver,  está a admitir que  considera que o cargo de presidente da câmara da Figueira da Foz,  não será um cargo político fácil e apetecível nos  próximos tempos…
Pedro Coimbra tem razão...
Não será fácil encontrar alguém, dentro do PS figueirense, para governar a Figueira, depois da passagem do PSD pela autarquia figueirense e de presidentes como Santana Lopes e Duarte Silva…

Mais uma derrota...

Parece que estava a adivinhar e como já não estou para me maçar com futebol,  ao intervalo abandonei o chamado "Núcleo Sportinguista da Cova-Gala", o café Avenida, e fui espairecer até ao Largo Eng. Aguiar de Carvalho, pois pelo que tinha visto na primeira parte, o pressentimento não era o melhor...
A seguir, fui para casa e adormeci sem saber o resultado do Moreirense-Sporting...
Há momentos, via televisão fiquei a saber que o primeiro objectivo do Sporting, para esta época futebolística tinha acabado!..
Sim, a Taça de Portugal foi à vida aos pés do modesto Moreirense...
Moral da «estória»... Li aqui e estou de acordo.
"Apesar dos resultados, a "pré-época" do Oceano está a decorrer de forma bem mais prometedora e positiva do que a do Sá Pinto. Continuamos a perder, mas no ar fica já uma certa sensação de injustiça, o que não acontecia com os jogos orientados pelo Sá. 
Daqui a um mês ninguém nos pára!
Conhecendo o meu clube como conheço, já estou ansioso por saber como (e quando) irá ser a "pré-época" do treinador Dominguez!"
Mas, porra!
É o SPORTING! Perder com o Moreirense?

domingo, 21 de outubro de 2012

Simplesmente obsceno

A pensão do fundador do Banco Comercial Português continua a causar reacções de indignação.
Jardim Gonçalves, o bandalho da foto ao lado,  recebe uma reforma mensal de 175 mil euros, com direito a motorista, guarda-costas e avião privado. 
Frei Fernando Ventura diz (aqui) que apenas um mês dessa reforma dava para sustentar uma creche durante 17 anos.

Terá sido tudo um equívoco?..


Tal foi ouvido no “Governo Sombra”, porventura, o melhor programa de análise política  e que, por acaso, também para mim, o melhor programa de  humor neste momento em Portugal…
Em tempo.
"Segundo Carlos Vaz Marques, moderador do programa, foi-lhe proposta uma avença, a qual ele recusou."
PSD e PS voltam a ter suores frios.

Bom domingo

sábado, 20 de outubro de 2012

Inevitabilidade a 100%...


Em tempos, lá pelos idos de 2009,  pensou-se, cá pela santa terrinha, que as coisas poderiam ser assim....
Dentro do Movimento 100%, como independente que é (seja lá isso o que for…), não irá haver luta entre facções, como dentro dos partidos, não existirá  luta pelos  lugares, como dentro dos partidos, não haverá imposições que contrariem e choquem com a vontade dos aderentes ao projecto,  como dentro dos partidos, não ocorrerão melindres susceptíveis de magoarem  militantes com provas dadas, como dentro dos partidos, ninguém acabará por sair  magoado por desconsiderações, como dentro dos partidos, nem terão lugar as desgastantes lutas intestinas pelos lugares, como dentro dos partidos...
Enfim, seria um oásis, politicamente falando!..
Pois… Mesmo assim, apesar de todas estas elevadas intenções, apenas 3 (três) anos decorridos, já se chegou à conclusão que “um movimento independente não nasce para viver toda a vida”...
Resta, pois, aguardar por mais esta inevitabilidade: a extinção da espécie…
Isto, apesar de alguns focos de resistência terem sido, entretanto, erradicados. 
É que, senhor eng. Daniel Santos e meu caro Amigo António Jorge Pedrosa, à malta interessa pouco o que está por dentro.
Em política,  o embrulho,  é que conta.

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Morreu Manuel António Pina

Há dias assim: tristes e desoladores.
Escritor e jornalista, Manuel António Pina tinha 68 anos. Morreu hoje.
Em tempo.
"Isto está mau... Com o silêncio do Manuel António Pina perde-se a voz que nunca quis erguer-se acima das outras, que nos fustigava com doçura e que nos afagava com rigor, que carregava o espelho em que cabemos todos. Não digo mais nada, que as palavras todas ficavam-lhe melhor a ele.."

A democracia a funcionar... Miguel Almeida é bem capaz de ser eleito pelo povo, aqui bem perto...


Eu, tal como o Fernando Campos,  penso que só um bandalho está condenado a obedecer a uma lei iníqua. É evidente que uma tal lei também condena um homem decente, mas apenas à desobediência.
Penso, tal como o Fernando Campos, que ser-se um bandalho não é uma inevitabilidade, é uma escolha; uma questão de carácter. E de liberdade. De livre-arbítrio, portanto. Também penso, tal como o Feranndo Campos, por inerência, que a única inevitabilidade que uma lei iníqua impõe a um homem decente é o imperativo da sua revogação.
Mas não sou só eu, ou  o Fernando Campos,  que pensamos assim.
Mas concedo, tal como o Fernando Campos,  que seja natural que, por ter sido eleito deputado pelo pêpêdê tal como outros palermas, que Miguel Almeida o desconheça.
É que Miguel Almeida e seus “muchachos”, até ao momento,  não explicaram suficientemente a inevitabilidade da agregação de 4 freguesias  na Figueira da Foz.
Uma coisa eu sei: não foi por falta de alternativa. 
Só que a alternativa faz-se na luta…

A realidade já está a ultrapassar a ficção?..


José Castelo Branco pretende candidatar-se à presidência da câmara de Sintra e já estará a recolher as assinaturas necessárias para oficializar a candidatura.
Ao site SapoFama, Castelo Branco afirmou que “os meus fãs da zona querem que eu seja o presidente, e eu sei que fico bem num palácio”.
“Quero acabar com a pobreza escondida. Quero ajudar e pôr as pessoas a trabalhar. Há pessoas que passam fome e ninguém sabe”, disse ao mesmo site.
Castelo Branco pretende candidatar-se como independente e já revelou que conta com o apoio da sua mulher Betty, “uma autêntica e verdadeira primeira-dama”. (Via jornal i)
Em tempo.
Onde está a piada disto, perguntarão vocês?..
Confesso que também não sei!..
Gostava era de saber como se estará a sentir Fernando Seara?..

“O Governo não está para cair”…


Caiu,  caiu…
Para já, caiu no ridículo!..

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Quando o Jerónimo e o Louçã defenderam isto, caiu o Carmo e a Trindade...

Miguel Cadilhe, ministro das Finanças nas décadas de 80/90, defendeu hoje, durante as III Jornadas AEP/Fundação de Serralves, que Portugal deve tentar renegociar a dívida com a "troika", para um prazo "muito mais alargado" e com uma "taxa de juro mais suportável"

 Via DN

Porque o jornalismo é um serviço que está no coração da democracia...

Leia, clicando aqui, o "MANIFESTO PELO JORNALISMO, PELA DEMOCRACIA".

A República, em 1910, tinha as mamas menos descaídas!..


PSD já se está a preparar para as próximas eleições


António José Seguro,  depois de acusar líder da maioria de dar "espetáculo degradante", afirma hoje ao DN que "o PS assume as suas responsabilidades em qualquer circunstância da vida nacional e está pronto para eleições",  embora recuse pronunciar-se "sobre cenários".
Com Passos Coelho  "indisponível para ser cozido em lume brando"  (depois do número de circo que está a protagonizar, Portas vai aprovar o OE para 2013...), segundo o CR, Jorge Moreira da Silva e Miguel Relvas  vão-se reunir este fim de semana, com o seu staff, tendo como ponto de partida a seguinte ideia base, tendo em vista o acto eleitoral que se advinha…
"Durante estes  primeiros anos de  mandato, quisemos mostrar aos portugueses como se vive em regimes totalitários, como a Albânia, ou a Coreia do Norte, tão do agrado dos comunistas e do Bloco de Esquerda, mas a partir de agora, se o PSD conseguir a maioria absoluta, vamos mostrar a todos os portugueses como se vive nos Estados Unidos ou no Canadá...
Continua a votar PSD"

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

aF199


Já agora...


Li, com a atenção de sempre, a crónica de hoje de António Jorge Pedrosa no Diário AS BEIRAS
O governo Passos Coelho/Paulo Portas também é o resultado da democracia, pela qual alguns – com sacrifícios de toda a ordem, inclusive com o sacrifício da própria vida -  se bateram para conseguir e da qual, nos dias que passam, a grande maioria  dos cidadãos portugueses resolveram alhear-se, com o argumento propagado  pelos que nunca foram seus adeptos, e que se resume na frase: “Eles são todos iguais”.
Cuidado... 
Claro que os políticos não são todos iguais.
Esta mentira dita numa sociedade – como a portuguesa - pouco familiarizada com a democracia e a liberdade, pode levar a que  a democracia se transforme num simulacro democrático.
Por este caminho, poderemos desembocar onde penso não interessar: acabar por colocar em causa o próprio regime democrático resultante da “insurreição armada” do 25 de Abril de 1974.
Não somos todos iguais. 
E os políticos também não são todos iguais…
Partidos,  ou movimentos políticos diferentes, por conseguinte,  não podem exercer as mesmas políticas.
Concretizando, para ser mais transparente o meu raciocínio: para mim, é fácil de entender esta política do   PD/PSD/CDS, à boleia da troika.
É a sua matriz histórica. E de classe.
Agora, por exemplo, a meu ver, o PS, quando está no poder,  ao executar a mesma política, está a trair  o seu eleitorado,  ao realizar  políticas para que não tinha mandato.
Está a trair  a sua matriz histórica. E de classe.
Do meu ponto de vista, o PPD/PSD/CDS estão a fazer aquilo que deles  esperava.
O PS, ao fazer o mesmo, quando esteve no Governo,  traiu  a confiança de quem o olha como um partido democrático e de esquerda.
Por conseguinte, sem berros e no tom mais ameno que é possível, como eleitor e espectador o mais atento que me é possível da política local, deixo explícito que continua a ser-me  difícil entender o “negócio figueirense" PPD/PSD/100%.
Aceito que a falta de visão seja minha…
Mas, confesso...
Achei-lhe muita piada. 

O Miguel Almeida que desculpe a falta de "elevação", mas sinceramente não sei como dizer isto de maneira mais "elevada"...

Desculpem lá a falta de "elevação"...

Até a selecção nacional de futebol (3ª NO RANKING DA FIFA…) já está a precisar de ajuda externa…

Sendo, quase todos, foras de série e excelentes, para além do extra terrestre, os nossos jogadores ontem foram medíocres. 
Já todos percebemos que, para a Selecção Nacional, as fases de qualificação jamais passarão disto
No entanto, «não vamos criar um drama com este empate»… 
Isto, não passa da idiossincrasia lusa. 
Com mais, ou menos, trave e  poste, haveremos de ter o nosso já habitual lugar garantido no Play-Off...

Um país de sonho!..


O presidente da Rede Europeia Anti-Pobreza afirma que o Orçamento do Estado vai deixar Portugal com "mais de três milhões de pobres"
É 30% da população, mas há quem defenda que será mais que isso.