domingo, 20 de julho de 2008

Será que estes terrenos estão amaldiçoados?..

O anterior proprietário, a Alberto Gaspar & Cª., Ldª., faliu!...
Agora, a imobiliária espanhola Martinsa-Fadesa, que seria o futuro, vive grandes dificuldades!...
Entretanto, "O fiasco já chegou à Moita."

8 comentários:

Anónimo disse...

Ahhh ... pois, é a gravíssima crise do sub-prime em todo o seu esplendor. Onde é que julgam que todas as Vadessas deste mundo iam buscar o pilim para fazer as grandes negociatas com a conivência dos patos bravos(alguns, porque outros mais atentos e informados só poderão ser apodados de corruptos) dos autarcas locais?
De espanha, nos ultimos tempos e nos próximos, que irão decorrer, vai ser disto a granel e cada vez mais com maior gravidade.
E a negociata apalavrada dos terrenos do GDCova-Gala, é a mesmíssima coisa, ou, ainda pior.
Vamos ver o que farão o vice-presidente do GDCG, que disse que se atirava a um poço...- e, principalmente o senhor presidente da Junta e os seus acéfalos (digo isto com imensa pena) apaniguados.
Santa ignorância.
Se não for ignorância é outra coisa muito, mas muito, mais grave.
A seu tempo,irá ser tempo de prestar contas.
Aguardemos.

Anónimo disse...

Aguardemos o quê?

Anónimo disse...

Ora aguerdemos o quê?
O que há-de vir...

malatesta disse...

Amaldiçoados não direi, mas ... vá lá..., socializados.

Anónimo disse...

Então se há-de vir, aguardemos sentados.
Acreditemos no Pai Natal.

Anónimo disse...

Desde à uns meses que não lia o blog, muito me admirei com o que se está a passar no "burgo".
A notícia que mais me espantou é a situação do GDCG em relação ao campo de futebol.
Sr. Presidente do GDCG parece ser evidente o facto de que todas as decisões tomadas na AG são lesivas para o clube, e o que ficará na história é simplesmente o facto de que no seu mandato o clube foi expoliado do seu segundo maior bem (o 1º são os atletas e dirigentes).
Qual é o medo de legalizar os terreno por usocapião. è simples e os passos eu posso inumerá-los:
1 - Esritura de justificação com 3 testemunhas com mais de 40 anos.
2 - Publicação em jornal
3 - Um mês depois escritura definitiva
4 - Registos na conservatória
Tão simples como isto, não se deixem enganar por quem julga er mais esperto (não é inteligente mas sim esperto) do que os outros abram os olhos mais vale um pássaro na mão do que dois a voar. A decisão de construir as escolas naquele local não tem sentido, antes era num local aparazivel (Alberto Gaspar) mas agora a soluçã é essa? Penso que se querem construir as escolas o mais rápido possível como bandeira para as próximas eleições.
Pensem bem...

Anónimo disse...

Desde à uns meses que não lia o blog, muito me admirei com o que se está a passar no "burgo".
A notícia que mais me espantou é a situação do GDCG em relação ao campo de futebol.
Sr. Presidente do GDCG parece ser evidente o facto de que todas as decisões tomadas na AG são lesivas para o clube, e o que ficará na história é simplesmente o facto de que no seu mandato o clube foi expoliado do seu segundo maior bem (o 1º são os atletas e dirigentes).
Qual é o medo de legalizar os terreno por usocapião. è simples e os passos eu posso inumerá-los:
1 - Esritura de justificação com 3 testemunhas com mais de 40 anos.
2 - Publicação em jornal
3 - Um mês depois escritura definitiva
4 - Registos na conservatória
Tão simples como isto, não se deixem enganar por quem julga ser mais esperto (não é inteligente mas sim esperto) do que os outros abram os olhos mais vale um pássaro na mão do que dois a voar. A decisão de construir as escolas naquele local não tem sentido, antes era num local aparazivel (Alberto Gaspar) mas agora a soluçã é essa? Penso que se querem construir as escolas o mais rápido possível como bandeira para as próximas eleições.
Pensem bem...

Vai tudo abaixo disse...

E isso mesmo vendam tudo o que interresa e a capital o resto é conversa...Deus queira que o resort seja construido para dar um pontape importante no nosso futuro dos cova galenses e também de Portugal.Deus queira que seja construída essa grandiosa obra com tudo de bom para a nossa terra.E nao venham com coisas o resto é conversa.. Essas mentalidades retrogadas tem que se desvanecer. Espaços verdes??claro que vai ter senão vejam o projecto figueiramar..E quem disser o contrario engana se e muito.Chegou a hora de dar um pontapé neste marasmo politico e economico.. Espero atentamente o desnvolvimento da crise , e que nao acabe a beira da praia o sonho. REcupera fadesa, vamos ter um campo novo , centro comercial , ginasio, piscina o que é que quereme menos. Acordem este projecto até emprego vai criar, alem de espacos verdes ...Ah e o campo de golf .......