Sou o senhor de meu destino; Sou o capitão de minha alma.” William Ernest Henley

quinta-feira, 14 de outubro de 2021

Vira o disco e toca a mesma...

Carlos Monteiro, via Diário as Beiras, na hora da despedida: “Há um trabalho grande que tem de continuar a ser feito nas freguesias, fundamentalmente, pavimentações, passeios e intervenção nas zonas centrais (das localidades), que nós não pudemos fazer porque tínhamos uns milhões de dívidas que tiveram de ser amortizados”.

Sem comentários: