Sou o senhor de meu destino; Sou o capitão de minha alma.” William Ernest Henley

quarta-feira, 13 de outubro de 2021

Apesar de não ter a maioria absoluta, a nova presidente da Junta de Buarcos e São Julião encara mandato com tranquilidade

Via Diário as Beiras
A presidente eleita da Junta de Buarcos e São Julião, Rosa Batista, que se candidatou pelo movimento independente Figueira A Primeira (FAP), liderado por Pedro Santana Lopes, que conquistou a presidência da Câmara da Figueira da Foz, toma posse amanhã. A cerimónia realiza-se, pelas 19H00, nas instalações da junta em Buarcos. 
Em declarações ao DIÁRIO AS BEIRAS, Rosa Batista adiantou que, “pelo menos para já”, vai assumir o mandato a tempo inteiro. “Depois de muito ponderar, vou assumir a tempo inteiro, mesmo que isso acarrete uma redução financeira substancial da receita familiar”, afirmou a professora do 1.º ciclo há 36 anos (profissão que vai suspender, a partir de amanhã). 
Buarcos e São Julião, devido ao número de eleitores que nela reside, é a única freguesia do concelho com condições para se poder exercer a presidência a tempo inteiro. 
Rosa Batista conquistou a presidência com maioria relativa. De acordo com os resultados eleitorais de 26 de setembro, a Assembleia de Freguesia, órgão autárquico de onde emana o executivo da junta, o FAP elegeu seis elementos, o PS cinco e o PSD dois.
O PSD não deverá vir a ser uma força de bloqueio. “Acima de tudo, a nossa postura é o que for melhor para a freguesia, tomarmos as melhores opções. A minha vontade política não se desliga da forma de estar na vida, independentemente de estar A, B ou C [no poder]. Sou uma pessoa com caráter, honrada, com elevação e respeito por quem me elegeu”, afirmou Carlos Moço, que se candidatou à presidência da junta e ocupa um dos dois lugares na Assembleia de Freguesia do PSD.

Sem comentários: