Sou o senhor de meu destino; Sou o capitão de minha alma.” William Ernest Henley

quinta-feira, 12 de agosto de 2021

O acaso existe? Poderá existir, da mesma forma que, neste caso, não existe coincidência... A sobreposição de factos não são obra do acaso... (2)

Uma notícia de hoje no Diário as Beiras:
"O ministro do Ambiente e da Acção Climática, João Pedro Matos Fernandes, vai estar na Figueira da Foz para uma visita aos trabalhos da empreitada de reforço de emergência do cordão dunar a sul do quinto molhe da Cova Gala e entre o esporão n.º 2 e o esporão n.º 3. 
Às 10H30, será apresentado o “estudo de viabilidade da transposição aluvionar das barras de Aveiro e da Figueira da Foz”, numa sessão que terá lugar no Auditório João César Monteiro do Centro de Artes e Espectáculos. O estudo avaliou as componentes técnica e económica de soluções de transposição, incluindo a avaliação custo -benefício. Pretendeu-se analisar a evolução das barras e troços adjacentes, antes e depois das intervenções, e fornecer elementos que contribuam para uma tomada de decisão sobre a transposição sedimentar nas barras de Aveiro e Figueira da Foz."

Uma postagem OUTRA MARGEM, com quase 3 anos. Mais precisamente datada de 17 de Setembro de 2018.
"Na ultima reunião da CMFF, sobre a nossa interpelação acerca do facto do estudo do by pass ter sido novamente adiado, agora para 2019 - um estudo no valor de cem mil euros contra os milhões constantes que se despendem em dragagens -, a Vereadora Ana Carvalho não só não se mostrou muito preocupada com a situação como até afirmou: "não sou grande defensora dessa solução". Recorde-se que há precisamente um ano, o Presidente da CMFF em plena campanha eleitoral referiu publicamente (está gravado) que concordava com o actual comprimento da praia da Figueira da Foz. Receamos que esteja montada uma linha de estratégia muito forte para evitar a todo o custo que o referido estudo se concretize. Um caso a merecer toda a nossa atenção."

Sem comentários: