.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

quarta-feira, 11 de julho de 2018

Para quem não perceba a importância das colectividades aqui está um exemplo que ajuda a entender...

Colectividades de Quiaios deixam rivalidade de lado

"Quiaios acaba de dar um sinal de como as antigas rivalidades entre coletividades pertencem ao passado. O Quiaios Clube e o Grupo Instrução e Recreio Quiaense organizaram, recentemente, o “passeio cicloturístico da amizade”.

O evento contou com uma centena de participantes das duas associações, e o almoço que se seguiu, no parque de merendas da Praia de Quiaios, juntou cerca de 200 pessoas, partilhando a mesma mesa.

“Antes de sermos associados de qualquer colectividade, somos conterrâneos, somos todos de Quiaios”, defendeu, em declarações ao DIÁRIO AS BEIRAS, a presidente do Quiaios Clube, Isabel Cardoso.

“Vivemos na mesma terra e temos de nos dar bem”, advogou, por seu lado, o presidente do Grupo Instrução e Recreio Quiaense , José Domingos."

1 comentário:

Rogério Neves disse...

As minhas felicitações aos dois dirigentes. Estes sim são os pilares do Associativismo. Pena que muitos dirigentes ou pseudo-dirigentes não tenham esta compustura, esta digidade e esta visão. Uma vez mais Parabéns!