.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

sexta-feira, 27 de julho de 2018

Nesta cidade nada, mas mesmo nada, já me espanta...

"A concessionária Águas da Figueira, em articulação com a Câmara da Figueira da Foz, instalou 14 novos bebedouros públicos na cidade, quatro deles refrigerados, os primeiros do concelho. A primeira fase abrangeu a cidade, mas a medida também será aplicada nas freguesias, em locais a determinar pelos executivos das respectivas juntas. A água fresca brota nos bebedouros instalados juntos às estações elevatórias da praça da Europa e avenida do Brasil (Buarcos), Torre do Relógio e Tamargueira (Buarcos). Aqueles equipamentos só podem ser instalados em zonas com pontos de electricidade próximos. Os bebedouros preexistentes àquela empreitada mantêm-se.

Entretanto, em declarações ao DIÁRIO AS BEIRAS, o director geral da Águas da Figueira, João Damasceno, assinalou que, no que vai do verão, foi fornecida menos água para a rede, em comparação com 2017. “Houve uma quebra brutal em junho e julho, devido a uma quebra brutal da rega dos espaços públicos do município, à chuva, ao frio e às obras”, sustentou."

Sem comentários: