.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Paulinho, mais uma vez, campeão do mundo

Paulinho e João Gregório, acompanhados pela técnica Joana Agostinho,
no  passado dia 20, na estação de Aveiro, de partida para a África do Sul
Dois atletas portugueses subiram ontem ao pódio dos 1500 metros no decorrer do campeonato do mundo para atletas com síndrome de down, que se está a realizar na África do Sul. 
Paulo Henriques é, de novo, campeão do mundo e João Gregório conseguiu o terceiro lugar. Os dois atletas do CASCI, de Ílhavo, que integram a delegação portuguesa subiram ao pódio para receber medalhas na primeira prova em que participaram. 
O Campeonato do Mundo de Atletismo, para Pessoas Portadoras do Síndrome de Down, está a decorrer na África do Sul. 
Hoje, Paulinho vai disputar a prova da estafeta 4×400 metros. Amanhã, quinta-feira, último dia dos Campeonatos do Mundo, o Paulinho volta à pista do Estádio de Bloemfontein para correr os 800 metros.
A comitiva estará de regresso a Portugal no próximo sábado.

Actualização, via Anddi Portugal
Portugal soma mais 9 medalhas Estafeta Masculina dos 4x100m de Ouro e com Recorde do Mundo Portugal soma e segue no 3º Campeonato do Mundo de Atletismo IAADS que decorre em Bloemfontein, na África do Sul. Nove, foram o número de medalhas alcançadas pelos bravos atletas lusos no 2º dia de provas em solo africano (2 ouro, 2 prata e 5 bronze). O grande destaque do dia vai para a estafeta masculina dos 4x100m T21 composta por João Machado, Nuno Fernandes, Nelson Silva e Luís Gonçalves que venceram a medalha de ouro e bateram o Recorde do Mundo com 60.49, à frente dos italianos que realizaram a marca de 60.80. A outra medalha de ouro desta 2ª jornada foi alcançada por Francisco Gouveia nos 1.500m Marcha Mosaico com 10.23.59 também com Recorde do Mundo. Em evidência esteve também Nuno Fernandes nos 400m T21 que obteve a medalha de prata e o Recorde da Europa com o tempo de 72.96. A vitória foi do superfavorito costarriquenho Hector Garcia que com os 69.05 retirando o Recorde do Mundo ao italiano Simone Nieddu (73.08). A outra medalha de prata foi alcançada por Helena Soares nos 1.500m Marcha T21 com 13.07.53, sendo que os bronzes foram para André Silva também nos 1.500m Marcha T21 com 11.17.90, para João Machado no lançamento do peso T21 com 9.60 e consequente Recorde da Europa, ainda para Francisco Gouveia também no peso mas para mosaicos com 5.56, para Luís Gonçalves no salto em comprimento T21 com 3.61 e, por fim, para a estafeta feminina dos 4x100m composta por Helena Soares, Elsa Taborda, Susana Castro e Jennifer Nogueira com 1.30.81. Ao fim do 2º dia de provas Portugal segue em 2º lugar na Classificação Coletiva com 157 pontos e 15 medalhas (4 ouro, 5 prata e 6 bronze), atrás da África do Sul com 193 pontos e à frente da Itália com 122 pontos.

Sem comentários: