.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

ALERTA COSTEIRO 14/15: MISSÃO COMPRIDA E CUMPRIDA. PARABÉNS PEDRO CRUZ E QUEM TE APOIOU...

Foto António Agostinho. Mais fotos aqui.
Os 500 jornais impressos foram vendidos e juntaram-se outros apoios monetários que permitem a plantação de 1.000 pinheiros mansos junto à praia da Orbitur, uma cerimónia simbólica que aconteceu hoje de manhã, no Dia da Floresta Autóctone.
Os pinheiros foram plantados por cerca de 110 crianças da Escola da Gala (Agrupamento de Escola da Zona Urbana da Figueira da Foz) que irão prestar, no âmbito do projecto eco-escolas, um acompanhamento directo assegurando o crescimento dos pinheiros.
“A mensagem da sensibilização para a importância dos problemas da erosão costeira passou. O que estamos aqui a fazer é um acto de cidadania que só perca por tardia”, disse Pedro Cruz.
Sobre a ausência de representantes da autarquia e Junta de Freguesia de S. Pedro, “foram todos convidados, mas não acho estranho que cá não estejam. Estranho é nunca terem feito algo neste sentido. Nem na preparação dos terrenos aqui vieram, nunca os vi cá. Houve um choque de ideias, mas mais importante do que eu, é a causa que aqui abraçamos, que é bem maior do que outras questões", considerou Pedro Cruz.

Pedro Cruz tem já em mente outro projecto direccionado para a comunidade, onde deixa mais um alerta para uma situação triste recentemente vivida.

1 comentário:

Anónimo disse...

É de miúdos como este que a Figueira precisa e não daqueles que se pavoneiam politicamente á procura de protagonismo e tacho.
Infelizmente não lhe dão o valor a atenção e o respeito que merece.
Deixa pois Pedro que eu na qualidade de avô te enderece aqui os meus parabéns e te agradeça essa preocupação com o futuro dos meus netos.
Há pessoas que em vez de andarem a coçar o cu pelas paredes dos gabinetes deviam era por os olhos em ti e deixarem-se de aparecer para a fotografia mas pronto tu nasceste para isto e vendo bem nem todos podem nascer para ser escritores.