.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Gente fina, nem sempre é outra coisa...

A D. Maria João Avilez, agora colunista do Observador, antiga jornalista e uma intelectual burguesa, certinha e de boas maneiras, juntou-se ao Arroja na classificação das "raparigas do BE"...
"Costa vai poder contar com os disponíveis. Vão-lhe ser certamente de muito maior utilidade que os recalcitrantes comunistas ou as azougadas raparigas do Bloco"...
A D. Maria João Avilez não é directora de um colégio de meninas.
Se o fosse, teria de ser de um colégio inglês, onde as alunas andariam fardadas todas da mesma maneira.
Quando muito, poderiam ser distinguidas pelo "sapatinho"...
Pena, é que fique tão visível que anda a fugir o pé para o chinelo e para a mão na anca a alguma gente tão fina e educada - por sinal, algo nada britânico...
E pronto: cá está uma esclarecedora demonstração do nivelamento por baixo de uma senhora das "nossas" elites!..

1 comentário:

A Arte de Furtar disse...

Senhora era a irmã dela, infelizmente já desaparecida.
De direita, mas sempre disponível para um debate de ideias e não de deturpação e mistificação.
Maria José Nogueira Pinto, era uma senhora de quem dava gosto ler os textos e ver nos debates.
Não concordava com as suas ideias mas aprecio gente inteligente que defende os seus pontos de vista com sensatez, inteligência e cultura.