.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Para quê a tolerância de ponto da terça-feira de carnaval na Figueira?


Algumas autarquias, entre elas a da Figueira da Foz, vão  “fintar a  ausência de tolerância de ponto na terça-feira de Carnaval”.
Entretanto, por quase todo o País,  pouco e pouco, o povo perdeu o direito à festa.
Estamos a ficar sérios, macambúzios, metidos dentro de uma realidade formatada a relatórios que nos dizem o que devemos fazer.
Já não podemos deleitar o corpo nas vésperas da quaresma, deveremos habituar as carnes a viver no recato e no regrado da contenção, sem recursos a folias de libertação ou ensejos de irracionalidade.
Na Figueira vai haver tolerância de ponto na terça-feira de Carnaval. Mas, para quê?..
Para os habitantes do concelho da Figueira, que assim o entenderem,  virem para a rua brincar ao Carnaval,  uma manifestação popular, pagã, saindo, à sua responsabilidade e expensas?..
Claro que não:  os figueirenses são é incentivados  a irem, em nome de um putativo  interesse Cultural e económico, ver grupos que se auto-denominam escolas de samba,  darem uma volta à Avenida…

Em tempo.
Não entendam isto como uma crítica à tolerância de ponto dada pela Câmara da Figueira.
Isto,   é,  somente,  uma pequena nostalgia do tempo em que eu era criança, me mascarava  de zorro e me estava a borrifar para as seriedades desta vida, mesmo que à minha volta Portugal se afundasse engolido por monstros medonhos que não me afligiam os pesadelos da noite…

Sem comentários: