Ernest Hemingway: «Um homem pode ser destruído mas não vencido.»

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

A reforma administrativa para troika ver...

foto sacada daqui
Cavaco Silva assinou, ontem, a morte de mais de mil freguesias em todo o País.
A lista completa  mostra, de forma muito clara, que este não era o caminho.
Na Figueira, foi aprovada a proposta conjunta apresentada pelo PSD, Figueira 100%, Presidente da junta de freguesia de S. Pedro e Presidente da junta de Lavos. 
A  extinção das Freguesias de S. Julião, Brenha, Borda do Campo e Santana foi aprovada com os votos contra do PS,  da CDU e da presidente da junta de freguesia de Santana (PSD). O presidente da junta de freguesia de Tavarede (PS) absteve-se.
E o resultado, no fundamental, foi este: BUARCOS  AGREGOU S. JULIÃO; ALHADAS AGREGOU  BRENHA; PAIÃO AGREGOU BORDA DO CAMPO; FERREIRA A NOVA AGREGOU SANTANA.
Alguém acredita que aquilo que foi imposto às freguesias, de que o nosso concelho é um caso flagrante, que pode ser tudo menos uma reforma político-administrativa, pois não passou de  um conjunto de alterações avulsas, coerciva e apressadamente gizadas, feita  à medida do chamado plano de reajustamento, ou Memorando de Entendimento (ME), vai contribuir para resolver o problema de Portugal?..

Sem comentários: