.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

E o tempo a voltar para trás…

O Estado está a ser “refundado” em segredo, numa conferência de 2 dias, organizada pelo governo. As vítimas do costume – a maioria dos portugueses – estão impedidas de conhecer o que por lá se passa, dado que está vedado aos jornalistas o “registo de imagem” e a “reprodução do que seja dito sem autorização dos citados”. No final do dia um “comité de propaganda” vai disponibilizar um minuto de imagens sobre esta fraude, como no tempo da censura. A trapalhada e o golpismo avançam em espiral, como a recessão. Já não há vergonha, e a democracia começa a gemer. O ministro das finanças em nome do “equilibro das contas públicas” está a tomar conta disto. Não é a primeira vez que nos acontece.

1 comentário:

o cu de judas disse...

bruxo. Cada vez dá mais gosto viver neste país. Este ainda é pior que salazar. Tudo em nome do lucro, mas não é um lucro qualquer, tem de ser o máximo possível diminuindo ordenados, trabalho sem equipamento capaz, opening space para funcionários antigos (diga-se hall quase sem luz natural, correntes de ar por todo o lado) a fim de dar o espaço aos contratados sabe Deus como, é só transparência!!!