.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

A discriminação, o preconceito e o desprezo para com os suburbanos…


“O Urbano talvez fosse um bom Rei para o Carnaval da Cova. Esse sim merecia um rei dessa estripe e caso não aceitasse convidavam o Agostinho.”
Comentou o anónimo, que além de ser essa coisa, ainda é, como facilmente se percebe, asno.
Repito o essencial, para mim, nesta questão em torno do Cidadão URBANO PINTO …
 “Sem igualdade, a diferença passa rapidamente a discriminação"…
Isto, que vale para as pessoas, vale igualmente para os Carnavais.
Ao deixar expresso que o Urbano nãos serve para BUARCOS/FIGUEIRA, mas serviria para a COVA, o anónimo mostra isso mesmo – que é também um asno. E preconceituoso, no mínimo…
Pensava, mas pensava, sinceramente, que o preconceito em relação ao lado de cá, a outra margem, tinha sido varrido do pensamento concelhio…
Mas, infelizmente, pela amostra acima, ainda existem mentes mesquinhas e tacanhas no concelho da Figueira da Foz…
O direito à diferença só se trata de um verdadeiro direito se exercido num plano de igualdade. Sem essa igualdade, a diferença rapidamente se transmuta em discriminação, preconceito e desprezo para com os suburbanos…
Dado que respondi ao essencial – o ataque discriminatório à Cova, um subúrbio da Figueira da Foz - não vale a pena perder mais tempo com  comentários anónimos…
Fiquemos, pois, mesmo por aqui...

Sem comentários: