.

#FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA.#FIQUE EM CASA.

terça-feira, 19 de junho de 2012

O senhor Nicolau

Nicolau dos Santos Fonseca, 87 anos, é o filarmónico do concelho da Figueira da Foz que se mantém no activo há mais tempo. Aliás, já perdeu a conta aos anos da sua carreira musical. “Acho que comecei em 1940. Ou talvez em 1945…”, disse o músico ao DIÁRIO AS BEIRAS.
A pandeireta foi o seu primeiro instrumento, que tocou no Ateneu Alhadense. Depois, trocou o instrumento de percussão por um de sopros, o clarinete. Mais tarde viria a substituir este por outro da mesma família, o saxofone alto. Do alto da sua madura idade, Nicolau Fonseca afirma, com espontâneo sentido de humor: “sinto-me um jovem músico de 87 anos”.
Mas não é só na música que o octogenário continua activo. Ele também é proprietário de uma das últimas e mais antigas tabernas da Figueira da Foz, onde passa os seus dias, atrás do balcão.
Pois, foi precisamente aí, na sua taberna,  que eu conheci o senhor Nicolau.
Foi no já longínquo ano de 1972, ano em que comecei a trabalhar como empregado de escritório na já extinta firma Rodrigues,  Pais & Cª..
Tinha 19 anos. Uma das minhas tarefas semanais,  era percorrer a pé todos os clientes da cidade  para realizar as cobranças… E o senhor Nicolau, que era um deles,  teve  uma particularidade de que nunca mais me esqueci, apesar de já terem passado 40 anos!
Ao olhar para mim, muito jovem e então “estilo copo de leite”, certamente com a malícia de um Homem já vivido e traquejado pela vida, disse-me, logo na primeira vez que me viu, depois de eu dizer ao que ia: “então o  menino quer receber,  não é?.. Pois só recebe, se comer um carapauzito frito e beber um tinto…”
Envergonhado e atrapalhado, comecei por recusar, mas depois acabei por achar graça e entrei no esquema… 
E o senhor Nicolau começou  a ser visitado à hora do lanche …
Entretanto, mudei de patrão e de vida, e há muitos anos que não visito a taberna do senhor Nicolau…
Talvez um dia destes calhe…

Sem comentários: