.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

quinta-feira, 28 de junho de 2012

O país da bola no poste...

Ser português está ainda mais complicado.
O resto do mundo não pensa que os Portugueses são especiais, diferentes,  bem-educados, antigos, espertos, desenrascados, inteligentes e um caso sério a jogar futebol.
E como isto de jogar futebol é tão importante para Portugal!..
Cavaco Silva, por exemplo, no espaço de poucos dias veio lembrar isso mesmo aos portugueses…
Depois de o ter feito no dia 17, hoje voltou à carga!
Todavia, ser português não é nem a sorte com que sonhamos, nem o azar futebolístico com que vamos azedando…
Ser Português, para mim é outra coisa: é poder continuar a trabalhar,  é  poder continuar a falar e a pensar em voz alta, é poder continuar a ter um coração mole... Ser português é continuar a acreditar que a vida seria pior se fosse suíço, belga, espanhol, francês, alemão, sueco...
A partir de hoje voltamos à realidade. Os políticos vão voltar ao discurso da modernidade, do desenvolvimento, da mudança… 
Os poetas vão continuar a sonhar com um um país que se diz já ter existido… 
Continuar, é uma tarefa delicada, mas urgente… 
O futebol é apenas um desporto que se joga, essencialmente,  com os pés...
Temos de deixar de ser um país de azares. O país da bola no poste...
Força Portugal!
O Mundial de 2014 está à porta...

Sem comentários: