Ernest Hemingway: «Um homem pode ser destruído mas não vencido.»

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Um blogue também pode servir para extravasar emoções

O cavalheiro da foto à esquerda comemora hoje 57 anos de existência.
Para surpresa minha, pelas mais diversificadas vias (facebook, mail, sms, telemóvel) tenho recebido inúmeras mensagens de felicitações pelo agradável e feliz evento.
Dado que por motivos profissionais me encontro longe da  minha  Cova-Gala,  venho por este  meio agradecer a todos que se lembraram de mim neste dia tão especial, pois é a primeira vez que o vivo longe do meu núcleo familiar nuclear.
Obrigado.

13 comentários:

João Henrique disse...

Um abraço de parabéns.

António Agostinho disse...

Muito obrigado. Um abraço

alex campos disse...

E parece que foi no outro dia que o "Velho" te chamou bébé, numa daquelas discussões apetitosas. Lembras-te? Fartei-me de rir porque estava do lado dele. Ahahahahahah!!!

Parabéns e um grande abração

António Agostinho disse...

O tempo passa tão depressa!..
Que falta nos faz, e ao País, Homens com a envergadura moral e a honradez de carácter do "Velho" Joaquim Namorado.
Abraço

Zéfoz disse...

Parabéns e que a data se repita por muitos e bons anos.

António Agostinho disse...

muito obrigado...
e que o Amigo esteja cá para ver...
abraço

Fernando Campos disse...

Só me ocorre uma palavra.
E como não gosto de termos vagos, aí vai, no singular: Para bem.
E, já agora, um abraço

António Agostinho disse...

obrigado.
um abraço

Rogério Neves disse...

Velho Amigo
Fazer anos é tornar a nascer e eu quero que ainda nasças muitas vezes.
Que tenhas o que desejas neste tão particular dia são desejo e votos deste teu amigo
Rogério Neves

Custódio Cruz disse...

Parabéns Agostinho,soube agora que estas mais cota...e cada vez mais inconveniente com os tais...
Enfim...esta merda também não muda nada...
Só tens que ser igual a ti próprio...
Só espero que andes por aqui muitos anos a "azorquinar" a cabeça aos "gajos"...
Assim já não somos mais...
Abraço CNC

António Agostinho disse...

Rogério e Custódio, meus Amigos: um abraço e obrigado.

Silva Cascão disse...

Embora com horas de atraso, aqui lhe deixo os meus Parabéns e votos de que "conte muitos".
Um abraço.
J. Cascão

António Agostinho disse...

Muito obrigado.
Um abraço