"Transportai um punhado de terra todos os dias e fareis uma montanha." - Confúcio

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

José Saramago



Fez, ontem, 87 anos. Continua uma máquina. Parabéns.

2 comentários:

Zéfoz disse...

Discordo do Saramago em muitas coisas mas, depois de ter visto o DVD, não posso deixar de dar-lhe razão nas afirmações que faz!

Custódio Cruz disse...

Inflizmente a "irreverência" das nossas verdades só se fazem notar "normalmente" quando somos mais jovens,(...) e depois mais tarde(...) quando nos estamos a marimbar para o "mêdo"(...), e então voltamos a dizer aquilo que bem entedemos e bem nos apetece...
Quem ao longo da vida faz ao contrário,è perseguido,ostracizado e amaldiçoado...
Saramago está lùcido e consistente nas "suas convicções",e tenho a mais firme das certezas de que o mêdo não lhe tolhe a alma.
Atingiu o "estádio" de uma mente solta,livre e audaz,e agora já tanto lhe faz morrer de "atentado",como de "doença súbita"(...) por suas verdades invocar.
Também não concordo com tudo o que Saramago nos vai "infantizando" como forma de potenciar o futuro da humanidade,pois ainda assim "peca" num "idealismo" que pode ser traído por "obsessões perigosas" de origem política e pessoal,que quase alicerça há
letra e num perfeito rigor teórico,sem o desejável equilíbrio da cedência reflectiva...
Enfim...e talvez numa atitude de vedeta similar a um futebolista,que fica "doutor" por tantos golos marcar...
Mas de qualquer maneira,tiro-lhe o meu chápéu,pelo exemplo de "verdadeira cidadania" que executa para bem da reflexão conjunta e capaz de influenciar positivamente os espíritos mais inibidos e medrosos...

Custódio Cruz