"Transportai um punhado de terra todos os dias e fareis uma montanha." - Confúcio

terça-feira, 24 de novembro de 2009

"POLÍTICA A SÉRIO"


Diário as Beiras
, dia 24 de Novembro de 2009, página 4:
“PAULA TOVIM escreveu uma carta aberta a António João Paredes.
A mulher de Luís Tovim não poupa o presidente da Concelhia da Figueira da Foz do PS, começando por justificar o meio para atingir o fim: “como não atende o telemóvel, não aparece e foge quando vê o Luís (acho que se chama cobardia...), também não vejo outra possibilidade de lhe dizer algumas palavras”. Escreveu muitas palavras, aliás, através das quais transfere para o líder socialista o ónus da derrota de Luís Tovim na assembleia municipal e a situação do PS, que, segundo a autora da missiva, encontra-se nas ruas da amargura.
Recorde-se que o candidato independente ganhou, sem maioria absoluta, as eleições autárquicas com o voto popular.
“Mas o Paredes e meia dúzia de “amigos” preferiram, contra a vontade da população, eleger um presidente da assembleia municipal do PSD (Victor Pais)”, afirma Paula Tovim.
Afiança ainda: “custa-lhe admitir, porque não tem inteligência para tal, que duas pessoas completamente independentes e bem-intencionadas (João Ataíde e Luís Tovim), em menos de três meses, ganhassem as eleições para a câmara e para a assembleia: fizeram mais em três meses do que você e os seus apoiantes em 12 anos!”.
Demolidora, Paula Tovim conclui afirmando: “Quero assistir à sua morte política, o mais breve possível. O Luís, com a sua família e os seus verdadeiros amigos, já ultrapassou esta traição, mas você irá ficar com este peso na consciência (se a tiver...) para o resto da sua vida”. O DIÁRIO AS BEIRAS tentou obter declarações de António João Paredes. Porém, até ao fecho desta edição, as tentativas não foram bem sucedidas.”

3 comentários:

Migdar disse...

Como diria o outro, não havia necessidade. Esta carta aberta é um disparate e um desbaratar do capital de simpatia que Luís Tovim tinha ganho. O ódio e a raiva nunca são bons conselheiros.

o cu de judas disse...

como a senhora diz não tem inteligência, s´assim se entende tanto disparate, olhe minha senhora se não tem que fazer vá ler a lei 169/99, de 18 de setembro e suas alerações, pode assim na próxima vez que queira protagonismo não mostrar tanto analfabetismo politico, já agora também a const. da república portuguesa

o comendador disse...

Disparate é não haver solidariedade na vida...
Pelo menos o Luis Tovim(8)tem essa solidariedade logo a partir de casa,e olhe que há muitos que nem a começar por aí a têm...

De entre tantos e tão diferentes,
por entre muitos que são isso mesmo
muitos e nada mais do que isso...
São como o que são para nós,
são como o que fazem por nós,
os amigos de verdade...
C.N.C.

É isso,...a Paula Tóvim é mais do que mulher,mais do que companheira dedicada a Luis Tóvim...
Acima de tudo é uma "amiga de verdade"...e por isso fez muito bem em defender quem efectivamente gosta e passa agora por momentos delicados...
A minha admiração sincera por si Paula Tóvim...
Nunca se arrependa de deixar o seu coração colocar-se ao lado das injustiças de quem efectivamente gosta...

O Comendador