"Transportai um punhado de terra todos os dias e fareis uma montanha." - Confúcio

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Sinto-me tão falhado...


Foi tão óbvio, tão óbvio que, presumo, até este Portugal entendeu o descalabro que foram aquelas declarações de Vieira da Silva sobre “espionagem política” no Face Oculta.
Foi tão óbvio, tão óbvio que, presumo, até Sua Excelência, o Senhor Ministro, depois de ter falado, terá reconhecido que acabava de ter perdido uma magnífica oportunidade de estar calado.
Isso, aliás, pode acontecer a qualquer de nós, portanto, se ficasse por aí, o caso ficaria resolvido…. Isto, presumo eu, seria o normal, se Portugal fosse um país normal… Só que Portugal é o que é… E, espanto dos espantos, o PSD quer ouvir Vieira da Silva no Parlamento!..
Numa altura em que, com um frio destes, o país está de tanga, a prioridade, para o PSD, é ouvir o ministro da Economia, a explicar o que é inexplicável!..
Que País é este, que situação é esta, que oposição é esta?..
Mas, isto, porventura, sou só eu que me interrogo, que sou tão falhado, tão falhado, que nem para governador civil, sequer, me convidaram...

1 comentário:

o cu de judas disse...

olha o roto ao nú, um governo que quer controlar as secretas a ser espionado, acho bem