.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

quarta-feira, 20 de agosto de 2008

A vida está má, mas não para todos!..

Os jornais não se calam: “Estado gastou 14 milhões em projecto olímpico falhado”.
Colocaram a fasquia muito alta. Agora, a estes, querem crucificá-los!..
E, então, com estes, quantos milhões se gastam, para fazerem figuras como a do último europeu?
Bem vistas as coisas, “afinal, a participação portuguesa nos Jogos Olímpicos não é o fracasso de que se fala e não havia razão para Vicente de Moura se ter demitido. A crer na RTP, parece que "os fatos de banho [da "Speedo"] que levaram Michael Phelps a ganhar oito medalhas de ouro são fabricados em Portugal" e que "a empresa de Paços de Ferreira já recebeu o agradecimento de Phelps.Assim, feitas as contas, do mesmo modo que a medalha de prata de Vanessa Fernandes foi, como declarou à mesma RTP o pai Venceslau, "uma grande vitória para Perosinho", pelo menos uma das oito medalhas de ouro de Phelps é nossa e constitui uma grande vitória para Paços de Ferreira.”
Isto, simplesmente á a vida.
"FALHAR ACONTECE.
É, ACONTECE"
.
Vejam lá se o Madaíl se demitiu?
"Da Federação, o ex-político recebe um salário mensal superior a 11 mil euros, acrescido de despesas de representação (cartão de crédito, telemóvel e motorista) o que dá uma remuneração anual da ordem dos 158 mil euros."!..
Bem bom para um reformado...
A vida está má, mas não para todos!..

3 comentários:

Anónimo disse...

Num país onde todos se desculpam dos proprios erros com as desculpas mais esfarrapadas, é bem normal que os atletas, como portugueses que são, sigam o mesmo caminho.
No entanto não deixa de ser interessante que num país onde as pessoas não praticam desporto e muitos nem fazem coisa nenhuma tenham tanto àvontade a criticar o trabalho dos atletas.
E antes de criticar estes desportistas não devemos esquecer por exemplo Fernando Mamede que foi um grande recordista e que nunca nos trouxe uma medalha olípica, facto que não colocou em causa a sua brilhante carreira.
Também não deveremos esquecer as declarações do Presidente do COP que veio pressionar os atletas de uma forma estúpida, tão estupida que deveria ser demitido imediatamente a seguir a ter proferido as barbaridades que proferiu dado que veio pressionar os atletas. E talvez o mau resultado de Naide tenha sido um reflexo disso mesmo.
Saudações Bloguisticas
Raio do Blogue Trovoada Seca em http://Trovoadaseca.blogs.sapo.pt

Anónimo disse...

Há reformados e reformados!...

maresia disse...

Epá! Eu acho que nem sou capaz de contar tanto dinheiro!
Ou talvez sim!!!
Mas ainda não sou reformada...ihihih

Abrç