.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

segunda-feira, 11 de agosto de 2008

Apesar de ser verão

Apesar do tempo que faz, ainda é verão.
E o verão não deveria ser tempo para emoções fortes.
Cá por Portugal, as coisas decorriam sem preocupações. O petróleo até estava a baixar.
Neste mês de Agosto, as nossas dificuldades – da saúde ao desemprego, passando pela educação e pelo endividamento das famílias, enfim, as misérias de um País pobre e mal preparado – pareciam nem serem nossas.
Infelizmente, porém, mesmo no verão, os povos deixam-se manipular por oportunistas. De há uns dias a esta parte, mais precisamente desde o dia do arranque dos Jogos Olímpicos de Pequim, o Cáucaso tornou-se a zona mais perigosa do globo.
Mais uma vez, os reais interesses por detrás destes conflitos - a posse e o controlo do petróleo e do gás, que o mesmo é dizer, o dinheiro - falaram mais alto.
Apesar de ser verão, a guerra continua a ser uma grande merda.
E agora é na Europa...
Mesmo no verão, está é uma emoção forte. E uma enorme preocupação.

Sem comentários: