.

#FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA.#FIQUE EM CASA.

quarta-feira, 4 de abril de 2007

A PONTE QUE CONTINUA A PERMITIR O SONHO


Já atravessamos duma margem para a outra do Mondego por esta ponte, desde o dia 12 de Março de 1982.
Essa realidade, já com mais de 25 anos, foi um sonho de anos e anos. Muitos de nós, ainda lembramos o pesadelo quer era ter de atravessar a antiga ponte de via única, em especial no verão, ou nos dias de Nossa Senhora de Fátima. Do lado sul, a fila de trânsito chegava a alongar-se até Lavos!...
Agora, principalmente por causa de obras, ainda existem, de vez em quando, alguns estrangulamentos, mas nada que se compare ao passado.
A ponte lá está. Todavia, decorrido todo este tempo uma coisa ficou adiada: o sonho de ver os cargueiros irem rio acima!...
Porém, se o rio, por enquanto, não permite a navegação deste tipo de navios, a esperança essa não morreu!
A desmesurada altura da ponte torna possível que o sonho perdure pelos séculos fora!..
E é isso que importa: não nos roubarem a capacidade de sonhar!..
Só um projectista visionário como o Prof. Edgar Cardoso para nos alimentar o sonho.
Obrigado Professor.

6 comentários:

Anónimo disse...

Não adianta sonhar com isso. É melhor assentar os pés na terra. Aqui por baixo desta ainda passariam, mas para quê? Fizeram um açude em Coimbra! Chegavam lá e depois? Teriam de fazer uma gare marítima ali perto de Alfarelos para fazer a ligação ao TGV e descarregar ali os milhões de turistas do norte da Europa que assim teriam a sua viagem marítima encurtada e fariam o resto em TGV.
Chegariam aos milhares em luxuosos navios de cruzeiro até ao Porto Oceânico da Figueira da Foz- Portugal e aí deslumbrar-se-iam com as suas belezas naturais, a Sera, o Mar e as Salinas. Ao passar para a margem sul era uma beleza vê-los a registar nas suas Hasselblades as novas maravilhas locais, O Mercado, o Parque de Merendas sempre em melhoramentos e os campos sintéticos.Recebidos por belas peixeiras que os brindavam com minis e tremoços, levavam que recordar.
Fartos de tanta beleza e progresso, zarpavam novamente rio acima até Alfarelos e aí apanhavam nova maravilha da tecnologia. O TGV Português levava-os até Fátima e depois até à Ota, com paragem no Entroncamento onde apanhavam a ultima versão do Airbus para uma viagem até ao Algarve.
Ia tudo a banhos para a Quarteira.
Categoria, pá!

Anónimo disse...

Crido tó (da lota)
Cá a velhota apesar da sua proveta idade continua a sonhar!..
Como diz o blogueiro:

“A desmesurada altura da ponte torna possível que o sonho perdure pelos séculos fora!..”

Estamos, claro, se é que não entendeu, o que eu duvido, pois o minino é esperto que nem um alho, a falar da utopia.

Já agora permita que lhe conte uma pequena estória;

"Um dia um aprendiz de filósofo chegou junto do seu velho mestre e perguntou-lhe:
-Mestre, podeis explicar-me o que é a Utopia?
O velho sorriu e apontando para o caminho em sua frente, disse:
-Estás a ver a linha do Horizonte? Caminhemos até ela!
Durante dias e noites, caminharam Mestre e aprendiz lado a lado, tão entretidos e concentrados, que, quem olhasse, não saberia quem ensinava e quem aprendia.
Durante dias e noites, trocaram saberes e ideias, partilharam o que cada um sabia sobre o mundo dos homens e dos deuses, até que o aprendiz, já impaciente e um pouco cansado, disse:
-Mestre...caminhámos durante tantos dias e parece que a linha do horizonte está cada vez mais distante?!
-Sim, é verdade – disse o velho – tal como a Utopia te parece, que quanto mais caminhas para ela, mais longe está!
-Mas...Mestre!? Se é assim...para que serve então a Utopia?
-Para caminhar, meu bom amigo...serve para caminhar!..."

Beijinhos meu crido.

Anónimo disse...

Pois é, Velhota,
não dá mesmo. Tinha-me esquecido da ponte de Lares. Tinha de ir tudo a pé. ou na carreira do Moisés.

Anónimo disse...

Olhe meu crido chegar a Lares já era tão importante não acha?
claro que as redes do meixão teriam de ir à vida...
Ah ... e a importância que isso não teria para a preservação das espécies do rio mondego!...
mas isso é outra utopia cá da velhota...
beijinhos meu crido tó (da lota)

Anónimo disse...

Então a divulgação do jogo de amanhã?
Arganil vs Cova Gala.

Vejam lá se fazem divulgação porque tenho a certeza que muita gente pensa que o jogo é no domingo.

Anónimo disse...

Arganil vs Cova-Gala.

Amanhã ás 16horas.
Com transmissão na 99.1(RCFozdoMondego).

Vamos apoiar o Cova-Gala, neste
objectivo que é chegar à final da taça..
Se puderem vão ver o jogo a Arganil.A equipa precisa do vosso apoio.

Porque não arrancar de manhã ver o jogo dos infantis em Touriz, almoçar e depois pela tarde ir ver o Cova Gala seniores?

Força Cova-Gala.