"Transportai um punhado de terra todos os dias e fareis uma montanha." - Confúcio

segunda-feira, 6 de novembro de 2006

Garrafa vazia na praia deserta


Foto: Pedro Cruz


Porque uma praia deserta é um espaço que convida à reflexão e ao sonho...
Esta é a minha praia deserta!
Sonhem!... E reflictam sobre a garrafa vazia na praia.




“António de Oliveira Salazar
Três nomes em sequência regular...
António é António

Oliveira é uma árvore.
Salazar é só apelido.
Até aí está tudo bem.
O que não faz sentido
É o sentido que isso tudo tem”
(Fernando Pessoa)

Amanhã, continua a ser o meu dia preferido.
O que é a vida sem um sonho?

8 comentários:

Anónimo disse...

Bela foto, tema e a ideia subjacente.
a prova de que não se bebe só minis por estes lados. Também se bebe tinto, branco ou a garrafa seria de cachaça?
Uma marca, um rótulo.

Marco MR disse...

Sou frequentador deste site; Umas vezes critico(no sentido construtivo); Umas vezes discordo, outras concordo, desta vez agradece o serviço de divulgação. Gostei bastante do poema(na conhecia) e dá que pensar. Parabens.

Anónimo disse...

O meu sonho é assim cantado:

Quem contar
um sonho que sonhou
no conta tudo o que encontrou
Contar um sonho proibido

Eu sonhei
um sonho com amor
e uma janela e uma flor
uma fonte de gua e o meu amigo
E no havia mais nada...
s ns, a luz, e mais nada...
Ali morou o amor

Amor,
Amor que trago em segredo
num sonho que no vou contar
e cada dia mais sentido

Amor,
eu tenho amor bem escondido
num sonho que no sei contar
e guardarei sempre comigo

Letra de Pedro Ayres de Magalhães
Madredeus

Beijinhos do lado de lá (ou de cá) do atlântico!
:)

Anónimo disse...

Ora viva, tó (da lota), sempre o palhaço de serviço.
Uma marca, um rótulo?
cá pra mim foi falta de chá em pequenino...

Anónimo disse...

O SONHO
Pelo sonho é que vamos,
Comovidos e mudos.
Chegamos? Não chegamos?
Haja ou não frutos,
Pelo Sonho é que vamos.

Basta a fé no que temos.
Basta a esperança naquilo
Que talvez não teremos.
Basta que a alma demos,
Com a mesma alegria, ao que é do dia-a-dia.

Chegamos? Não chegamos?

-Partimos. Vamos. Somos.

Sebastião da Gama

Anónimo disse...

Sonhos?
Sonhos? quem não os têm...
E desejos?
Eu desejo uma Terra sem “faz de conta”...
Uma Terra justa e acima de tudo transparente...
Enfim...
Agora que venha daí os Srs. Doutores, Engenheiros, Veterinários entre outros amigos do da Lota...
Porque eu tambem tenho um sonho...!!

Marco MR disse...

Caro Barbas, Realiza-o. E sente-te Feliz.

Anónimo disse...

Volta Salazar, estás perdoado.