sexta-feira, 14 de setembro de 2018

Pela Câmara Municipal da Figueira da Foz

Embora uma notícia de última hora seja aquela que acontece entre as 23 e as 24 horas, tenho a informar que acabou de terminar a única reunião camarária de Setembro...

Figueira...

... senhora caduca, loura e estúpida? 
Não... 
Hoje (pelo menos neste momento), pelo que estou a ver na reunião de camarária que está a decorrer (em directo na internet), está interessante, nada loura, fogosa, algo turbulenta, mas ardente. 
Nota-se que o presidente em funções, Carlos Monteiro, na ausência do titular Ataíde, fez o trabalho de casa.
Há quem diga que tenho mau feitio. 
Nada de mais errado: tenho é pouca paciência...
Cada vez menos.

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO...

A sua má utilização pode ser a morte do artista.
Já a sua a boa utilização pode ser a sorte do artista.

Recado à Figueira?..

"Figueirenses: gostaria muito de lhes deixar uma mensagem positiva, mas não a tenho..."

Ciclo Diálogos ComSentidos começa hoje...

Tem início hoje, pelas 21H30, no Auditório Municipal, o ciclo DiálogosComSentidos.
Para esta sessão inaugural, que conta com a actuação do Grupo Coral David de Sousa, foi escolhido o tema “O humano e o divino”.
Os oradores são João Paiva (católico, director do doutoramento de química na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto) e Luís Natal Marques (grande conselheiro da Antiga e Mística Ordem Rosacruz AMORC, organização internacional que tem por missão despertar o potencial interior do ser humano).
A moderação está a cargo do figueirense José Augusto Bernardes, diretor da Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra.