Sou o senhor de meu destino; Sou o capitão de minha alma.” William Ernest Henley

segunda-feira, 14 de junho de 2021

Ainda está por inventar a palavra capaz de nos mostrar toda a incompetência e toda a mentira que é a política na Figueira da Foz. Escrevê-lo não basta, nunca bastou. E nunca há-de bastar...

 Via José Augusto Marques

Sem comentários: